English version

Chamada de Propostas FAPESP – Instituto Max Planck – 2019


Programa FAPESP: Jovens Pesquisadores em Centros Emergentes - 2019

Colaboração entre Institutos Max Planck

e

Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP)


Resumo: Jovens Pesquisadores altamente qualificados, com pelo menos dois anos de experiência bem-sucedida em pós-doutorado, são convidados a apresentar propostas de pesquisa para criação de Tandem Research Groups independentes, vinculados a universidades ou institutos de pesquisa no Estado de São Paulo, Brasil, em forte colaboração com pesquisadores de um dos 84 Institutos Max Planck.

Data de lançamento da chamada:

30 de julho de 2019

Data limite para submissão:

23 de setembro de 2019

Modalidade de Apoio:

Auxílio à Pesquisa - Jovens Pesquisadores

Duração máxima dos projetos:

60 meses (prorrogáveis para 72 meses, com base em desempenho)

Submissão:

Propostas devem ser submetidas pelo SAGE

Contatos:

FAPESP
Virginia Sanches Subiñas – Gerente de Área para Colaborações em Pesquisa

E-mail: chamada_maxplanck@fapesp.br

MAX PLANCK
Dr. Andreas Trepte – Diretor do Escritório da Sociedade Max Planck (MPG) para a América Latina

E-mail: latam@gv.mpg.de


 

1. Introdução

A Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP) anuncia a presente Chamada Internacional de Propostas para estreitar a colaboração entre universidades e Instituições de Pesquisa do Estado de São Paulo, Brasil, e os Institutos Max Planck em todo o mundo.

Jovens Pesquisadores altamente qualificados, com pelo menos dois anos de experiência bem-sucedida em pós-doutorado, são convidados a apresentar propostas de pesquisa para criação de Tandem Research Groups independentes, vinculados a universidades ou institutos de pesquisa no Estado de São Paulo, Brasil, em forte colaboração com pesquisadores de um dos 84 Institutos Max Planck. Esta Chamada tem por objetivo:

1) Selecionar Jovens Pesquisadores altamente qualificados, com excelente impacto de pesquisa durante experiência de pós-doutorado, e que estejam fortemente motivados e dispostos a desenvolverem ainda mais suas carreiras científicas, vinculados a uma universidade ou Instituto de Pesquisa do Estado de São Paulo, Brasil.

a) Os candidatos selecionados irão liderar os Tandem Research Groups independentes – TRG, a serem desenvolvidos em instituições sede no Estado de São Paulo, Brasil em cooperação com um Instituto Max Planck correspondente, e serão financiados através do Auxílio à Pesquisa - Jovens Pesquisadores (JP) por cinco anos (prorrogação para 6 anos é possível com base em análise de desempenho).

b) Os TRGs seguem a estrutura dos grupos independentes de pesquisa Max Planck na Alemanha para apoiar cientistas em início de carreira que se dedicam à pesquisa independente, interdisciplinar e de alta qualidade. Cada TRG estará em estreita colaboração científica com um Instituto Max Planck correspondente, que fornecerá aconselhamento científico, apoio, treinamento e acesso a know-how, instalações e infraestrutura.

2) Criar oportunidades para a instauração de novos grupos de pesquisa em instituições de ensino superior e pesquisa do Estado de São Paulo, a serem lideradas por jovens pesquisadores selecionados, em estreita cooperação com proeminentes pesquisadores dos Institutos Max Planck.

Os termos e condições estão descritos abaixo.
 

2. Áreas de Interesse

A presente chamada recebe propostas de pesquisa nas seguintes áreas:

1) Astronomia, química, física, geociências, matemática, ciências da computação e engenharia;

2) Ciências da vida e medicina;

3) Artes, ciências humanas, cognitivas e sociais.
 

3. Modalidades de Apoio

As propostas deverão ser submetidas à FAPESP segundo as normas do Auxílio à Pesquisa – Jovens Pesquisadores (JP) - sob suas condições e restrições, a menos que explicitamente definido de outra forma nesta Chamada de Propostas.

3.1 Financiamento oferecido pela FAPESP

Para as propostas selecionadas, a FAPESP irá financiar:

1) Despesas previstas pela FAPESP no JP, conforme descrito no item 7 das normas Auxílio à Pesquisa – Jovens Pesquisadores, disponíveis em www.fapesp.br/jp/;

2) Bolsa Jovem Pesquisador, a ser paga por até 60 meses ou até o Jovem Pesquisador obter uma posição permanente na instituição sede no Estado de São Paulo, Brasil (o que acontecer primeiro). O valor mensal da bolsa está divulgado em www.fapesp.br/3162.

3) Excepcionalmente para esta Chamada, as propostas podem solicitar, adicionalmente aos itens que podem ser solicitados em um Auxílio Jovem Pesquisador comum (ver 3.1 - 1), uma bolsa de Pós-Doutorado (PD), para um candidato a ser selecionado pelo Jovem Pesquisador. Em todos os casos devem ser observadas as normas da FAPESP para Bolsas para Pós-Doutorado, conforme descrito em www.fapesp.br/270, e também as normas para concessão de Bolsas de Pós-Doutorado vinculadas a Projetos Temáticos, conforme descrito em www.fapesp.br/5389.
 

4. Critérios de Elegibilidade

1) Candidatos elegíveis devem:

a) Cumprir os critérios de elegibilidade do Auxílio à Pesquisa – Jovens Pesquisadores, disponíveis em www.fapesp.br/jp/.

b) Ser brasileiros ou estrangeiros em início de sua carreira científica de sucesso com sólida experiência de pós-doutorado por no mínimo dois anos fora do Brasil, em grupos de pesquisa internacionalmente competitivos, e altamente motivado para desenvolver e realizar um programa de pesquisa internacionalmente competitivo. Idealmente, o candidato deve ter obtido seu doutorado há no máximo sete anos (para o doutorado em medicina: nove anos).

2) Este programa destina-se particularmente a jovens pesquisadores excelentes que já realizaram um ou dois pós-doutorado(s) e que agora gostariam de - e se julgam aptos a - liderar um grupo de pesquisa e elaborar em conjunto suas próprias pesquisas de forma independente. Por favor, note que a posição de grupo de pesquisa independente destina-se apenas a candidatos que possuem doutorado.
 

5. Instituição sede em São Paulo, Brasil e atividades de colaboração exigidas nesta chamada

5.1 Instituição Sede em São Paulo, Brasil

1) Comumente, as propostas devem demonstrar um documento de aceite da universidade ou instituto de pesquisa no Estado de São Paulo que sediará o projeto.

a) O documento de aceite deve ser assinado pelo diretor da instituição sede no Estado de São Paulo.

2) Excepcionalmente, propostas podem ser submetidas sem o documento de aceite do projeto por uma instituição sede no Estado de São Paulo. Nesses casos, se a proposta for aprovada, será necessário definir a instituição sede no Estado de São Paulo antes da assinatura do Termo de Outorga.

a) Nestes casos, a FAPESP irá auxiliar os proponentes a encontrar uma instituição sede adequada no Estado de São Paulo (contato da FAPESP: ver item 10 - 1).

5.2 Colaboração em Pesquisa com os Institutos Max Planck

1) A proposta deve demonstrar que um Pesquisador Responsável de um dos Institutos Max Planck concordará em ser um parceiro e mentor da cooperação em pesquisa, se a proposta for aprovada. A colaboração deve incluir o acesso a conhecimento e infraestrutura.

2) Atividades conjuntas entre o Tandem Research Group (TRG) vinculado a uma instituição de ensino superior e pesquisa no Estado de São Paulo, Brasil e seus parceiros de cooperação em um dos Institutos Max Planck, podem incluir:

a) intercâmbio de pesquisadores, incluindo bolsistas de doutorado e pós-doutorado;

b) integração de doutorandos altamente talentosos do programa de treinamento de doutoramento (IMPRS) no Tandem Research Group;

c) integração de estudantes de doutorado altamente talentosos do Tandem Research Group do Brasil no programa de treinamento de doutorado (IMPRS) nos Institutos Max Planck;

d) atividades conjuntas de pesquisa colaborativa;

e) seminários e workshops conjuntos.
 

6. Preparação e submissão das propostas

6.1 Organização do Projeto

1) O projeto de pesquisa deve ser escrito em inglês.

2) O projeto de pesquisa deve ser submetido através do SAGe. Todos os documentos exigidos pelo SAGe devem ser anexados para submissão on-line. Propostas apresentadas sem os documentos obrigatórios serão devolvidas sem análise de mérito.

3) Além dos documentos comuns exigidos para propostas de Auxílio à Pesquisa- Jovens Pesquisadores, os seguintes itens devem ser submetidos:

a) cópias de três publicações relevantes;

b) duas cartas de recomendação;

c) um plano de pesquisa de duas páginas para o TRG (Resumo TRG ver 5.2 - 2);

d) um documento (máximo 3 páginas) descrevendo:

i) as atividades de pesquisa passadas e presentes do candidato; e

ii) projetos planejados de pesquisa em colaboração (visando demonstrar o potencial científico e colaborativo da proposta).

e) uma carta assinada por um Pesquisador Responsável ‘Diretor’ de um Instituto Max Planck, em papel timbrado, estabelecendo o compromisso de parceria (ver 5.2 - 1).

6.2 Duração do Auxílio

1) A duração do projeto proposto deve ser de 60 meses. A duração poderá ser estendida por mais doze meses, quando solicitada no fim do quarto ano, e dependerá da análise de mérito bem-sucedida (duração máxima de 72 meses).

2) Durante o desenvolvimento do projeto de pesquisa, espera-se que o Jovem Pesquisador se candidate às oportunidades de contratação permanente em cargos abertos na instituição sede do Estado de São Paulo.

3) Após a conclusão do projeto, caso o Jovem Pesquisador obtenha uma posição permanente em uma universidade ou instituição de pesquisa no Estado de São Paulo, poderá continuar suas atividades de pesquisa através da solicitação de financiamento nas linhas regulares da FAPESP.

6.3 Como submeter

1) As propostas devem ser submetidas para a FAPESP através de um caminho específico no SAGe (para orientações adicionais referentes à submissão on-line, consultar o Anexo I), pelo solicitante antes do prazo anunciado na Seção 7 desta Chamada.

2) As propostas devem seguir as normas para a modalidade de apoio específica da FAPESP: Auxílio à Pesquisa – Jovens Pesquisadores e incluindo as exigências descritas na presente Chamada.

3) As propostas apresentadas por qualquer outro meio não serão aceitas. Propostas submetidas após a data limite para submissão não serão analisadas.
 

7. Cronograma

Nenhuma proposta será aceita após o prazo de submissão, nem serão aceitos quaisquer adendos ou justificativas, exceto aqueles explicitamente e formalmente solicitados pela FAPESP ou Max Planck.

Anúncio da Chamada pela FAPESP e Max Planck

30 de julho de 2019

Prazo limite para submissão das propostas

23 de setembro de 2019

Anúncio das Propostas Enquadradas que passarão pela Análise de Mérito

outubro de 2019

Anúncio das Propostas Recomendadas para os Simpósio de Seleção

fevereiro de 2020

Simpósios de Seleção

março de 2020

Data limite para submeter a carta de aceite da instituição sede no Estado de São Paulo (para aqueles que não apresentaram no início)

Abril de 2020

Divulgação das propostas aprovadas

Maio de 2020


8. Critérios de análise, avaliação e seleção

8.1 Procedimentos

1) Os procedimentos de análise e seleção utilizam os critérios do Auxílio à Pesquisa – Jovem Pesquisador, disponível na Seção 11 das normas do JP – www.fapesp.br/jp.

2) Após o recebimento, as propostas são incialmente analisadas considerando os aspectos de elegibilidade descritos na Seção 4 acima.

a) Propostas que não cumprirem os termos desta Chamada não se qualificarão para análise.

3) As propostas enquadradas para análise de mérito:

a) Serão submetidas à análise de assessores externos designados pela Coordenação da Área correspondente na FAPESP;

b) Com os pareceres recebidos, as propostas serão analisadas pela Coordenação de Área e pela Coordenação Adjunta da FAPESP.

4) A terceira e última etapa da avaliação será realizada em conjunto pela FAPESP e os Institutos Max Planck através do Max Planck Gesellschaft (MPG), pelo Escritório da Sociedade Max Planck (MPG) para a América Latina.

a) Uma comissão ad-hoc conjunta, composta por pesquisadores de reconhecimento internacional dos Institutos Max Planck e também de Instituições de Ensino Superior e Pesquisa no Estado de São Paulo, classificará as propostas analisadas. O comitê ad hoc conjunto recomendará os nomes de seis candidatos a serem convidados para o Simpósio de Seleção. Custos de viagem dos candidatos serão cobertos pela FAPESP.

i) No Simpósio de Seleção, os candidatos convidados apresentarão seu plano de pesquisa e explicarão, em entrevistas individuais, como pretendem resolver uma questão científica concreta e criar um grupo de pesquisa independente em cooperação entre uma Instituição de Ensino Superior e Pesquisa do Estado de São Paulo e um Instituto Max Planck.

ii) Os três candidatos que forem recomendados unanimemente pelos membros da comissão ad-hoc durante o simpósio de seleção serão aprovados.

8.2 Critério de análise

1) A análise de mérito científico irá avaliar principalmente:

a) A pesquisa e histórico acadêmico do Pesquisador Responsável solicitante:

i) Os candidatos devem ser pesquisadores em início de carreira que já possuam uma produção científica notável para o seu nível de carreira, avaliado por sua Súmula Curricular www.fapesp.br/5266;

ii) O candidato deve estar apto a coordenar de forma independente um projeto de pesquisa e liderar a formação de um novo grupo de pesquisa.

2) Quanto ao projeto de pesquisa:

a) Definição dos objetivos;

b) Originalidade e importância das contribuições pretendidas para a respectiva área do conhecimento;

c) Fundamentos científicos inovadores e métodos escolhidos;

d) Adequação dos recursos solicitados à contribuição científica ou tecnológica desejada.

8.3 Reconsideração da decisão

1) Os proponentes têm o direito de solicitar reconsideração de uma decisão por meio da submissão de uma solicitação no prazo de 7 (sete) dias corridos a partir da data de publicação dos resultados pela FAPESP - veja o cronograma na seção 7.

2) A solicitação de reconsideração deve apontar claramente algum equívoco formal eventualmente identificado na análise.

a) A reformulação de propostas não será aceita.

8.4 Decisão final

1) Os resultados serão divulgados no site da FAPESP (www.fapesp.br), na página da colaboração com o Max Planck e por comunicação direta aos candidatos.

2) As propostas selecionadas serão formalizadas por Termo de Outorga a ser assinado pelo Pesquisador Responsável e por um representante da Instituição Sede de Ensino Superior e Pesquisa a qual estará vinculado.

3) Para assinatura do Termos de Outorga, o Pesquisador Responsável deve apresentar um Acordo assinado entre a Instituição Sede de Ensino Superior e Pesquisa do Estado de São Paulo e o respectivo Instituto Max Planck. Este Acordo regulará aspectos como direitos de Propriedade Intelectual, confidencialidade e publicação, em observâncias às políticas de cada Parte financiadora (Item 9).

4) A FAPESP poderá cancelar o financiamento se, durante o prazo da concessão, ocorrer um fato de gravidade suficiente para justificar o cancelamento, a critério do Diretor Científico, sem prejuízo de outras providências cabíveis.
 

9. Propriedade Intelectual

Adicionalmente às considerações gerais descritas no item 7 das normas do JP - www.fapesp.br/jp, antes que qualquer financiamento seja liberado para as propostas de pesquisa selecionadas, Instituição Sede de Ensino Superior e Pesquisa do Estado de São Paulo e o respectivo Instituto Max Planck devem assinar um Acordo de Cooperação sobre aspectos de financiamento, confidencialidade, publicações e direitos de Propriedade Intelectual, entre outros, em observâncias às políticas de cada Parte financiadora.
 

10. Informações Adicionais

1) Todas as questões relacionadas a esta Chamada devem ser direcionadas para:

a) FAPESP: Virginia Sanches Subiñas – Gerente de Área Científica – Colaborações em Pesquisa. E-mail: chamada_maxplanck@fapesp.br

b) MAX PLANCK: Dr. Andreas Trepte – Diretor do Escritório da Sociedade Max Planck (MPG) para a América Latina. E-mail: latam@gv.mpg.de

2) O Acordo de Cooperação Científica entre a Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - FAPESP e o Max-Planck-Gesellschaft Zur Förderung Der Wissenschaften – MPG (Sociedade Max Planck para o Avanço da Ciência) está disponível em: www.fapesp.br/10699.

 

 

Anexo I: Instruções para submissão de propostas no Sistema SAGe

1) É necessário que o Pesquisador Responsável seja cadastrado no sistema SAGe para submeter a proposta www.fapesp.br/sage/:

a) Os Pesquisadores que não possuem cadastro no SAGe devem primeiro realizá-lo acessando o endereço www.fapesp.br/sage/. Para tanto, clicar em “Sem cadastro?” e preencher os dados solicitados. Atenção: não basta apenas cadastrar-se como usuário, é necessário completar os dados cadastrais;

b) Pesquisadores já cadastrados devem acessar o SAGe com identificação e senha usuais.

2) Na página inicial, selecionar, dentre as opções do menu “Acesso Rápido – Atividades do Pesquisador”, o link “Nova Proposta Inicial”;

3) Na seção “Chamadas Vigentes”, selecionar e clicar no link para esta Chamada: Max Planck Institutes - Jovem Pesquisador / Chamada de Propostas (2019)

a) O sistema disponibilizará o menu “Incluir Proposta” para confirmação da chamada selecionada.

b) Clicar no botão “Incluir” para iniciar a elaboração da proposta.

c) Incluir os dados solicitados em todas as abas, inclusive a lista de documentos a serem anexados;

4) Atenção para a obrigatoriedade de preenchimento de todos itens marcados com “ * ” Proposta salva não significa proposta submetida.

a) Ao submeter corretamente uma proposta será gerado um número de processo após clicar no “Submeter”.

5) Em caso de dúvidas, acessar o link “Manuais”, disponível na página inicial do SAGe. Em “Manuais”, buscar esclarecimentos na lista “Manuais de Apoio aos Pesquisadores”.

6) Recomenda-se fortemente verificar eventuais pendências da proposta utilizando a opção “Validar” do SAGE. Ao selecioná-la, o sistema apresentará as pendências impeditivas para submissão da proposta, considerando os itens já inseridos. Isso pode ser feito repetidas vezes, à medida em que a proposta for sendo construída, permitindo que sejam tomadas as providências necessárias à submissão efetiva da proposta.

a) A FAPESP também disponibiliza atendimento pelo Setor de Informações (11 3838-4000).

7) Atenção: é obrigatório anexar uma cópia do documento de identificação do Pesquisador Responsável no momento da submissão da Proposta.

a) Acessar o menu “Identificação Pessoal > Atualizar a Identificação Pessoal” e anexar o documento solicitado no "Documento de Identificação" na seção “Identificação”. Esta obrigatoriedade se aplica a todos os Beneficiários e Responsáveis e propostas de Auxílios e Bolsas.