English version

FAPESP lança chamada para projetos em segurança alimentar

FAPESP lança chamada para projetos em segurança alimentar

"Melhoramento de proteína de origem vegetal para consumo humano" é o tema da oportunidade do consórcio Crops of the Future Collaborative (foto: FFAR)

A FAPESP lança a primeira chamada no âmbito do consórcio Crops of the Future Collaborative, sob o tema “Melhoramento de proteína de origem vegetal para consumo humano”.

Em maio de 2018 a FAPESP juntou-se a empresas e instituições de pesquisa de diversos países, como parte constituinte desse consórcio internacional fundado pela Foundation for Food and Agriculture Research (FFAR). A missão é de acelerar esforços globais para o desenvolvimento de culturas que atendam à demanda mundial de alimentos nos próximos 20 a 50 anos.

Para fazer frente ao futuro crescimento populacional, garantindo a segurança alimentar e a melhoria nutricional e ao mesmo tempo incentivando a agricultura sustentável a chamada apoiará pesquisas inovadoras que melhorem as características, rendimento e proteína total em plantas de consumo humano.

Pesquisadores vinculados a instituições de ensino superior e pesquisa do Estado de São Paulo deverão elaborar projetos de acordo com uma das três áreas propostas pela chamada: recursos genômicos e ferramental tecnológico para culturas novas ou subutilizadas; melhoramento das propriedades funcionais e nutricionais de proteínas de origem vegetal; e elaboração de análise mercadológica para culturas novas ou subutilizadas.

As propostas devem ser submetidas exclusivamente pela plataforma SAGe (www.fapesp.br/sage) até 24 de janeiro de 2020. Antes, porém, interessados precisam consultar a FAPESP acerca de sua elegibilidade até o dia 2 de dezembro de 2019.

Na chamada, os critérios de elegibilidade serão definidos de acordo com as normas das três modalidades de financiamento em que as propostas tramitarão na FAPESP: Auxílio Pesquisa – Projeto Temático, Auxílio Jovem Pesquisador ou Programa de Apoio à Pesquisa em Parceria para Inovação Tecnológica (PITE).

As propostas deverão ser redigidas em inglês; o envolvimento de pesquisadores internacionais na proposta é desejável, porém não obrigatório.

As diretrizes para participação de pesquisadores do Estado de São Paulo encontram se em www.fapesp.br/13693.

Versão para impressão | URL: fapesp.br/13726