Pesquisas em prevenção de acidentes ambientais petrolíferos serão apoiadas

Pesquisas em prevenção de acidentes ambientais petrolíferos serão apoiadas

Desastre no litoral nordestino decorrente da contaminação por petróleo motivou FAPESP e FACEPE a lançarem chamada de propostas envolvendo colaborações de dois anos entre pesquisadores paulistas e pernambucanos (imagem: TV Brasil)

Mobilizadas pelos recentes esforços de mitigação do desastre socioambiental decorrente do óleo que atingiu o litoral brasileiro, a FAPESP e a Fundação de Amparo à Ciência e Tecnologia de Pernambuco (FACEPE) lançam nova chamada de propostas. 

O objetivo da chamada é fortalecer redes de pesquisa colaborativa por meio de projetos relacionados ao tema “Acidentes Ambientais Petrolíferos – Prevenção e Mitigação”. 

Podem submeter propostas pesquisadores vinculados a instituições de ensino superior ou pesquisa dos estados de São Paulo e Pernambuco. É a quinta chamada no âmbito do acordo de cooperação entre FAPESP e FACEPE. 

Os projetos de pesquisa para cooperação científica e tecnológica podem envolver pelo menos um dos seguintes temas:

- Mecanismos para contenção do avanço do óleo;

- Desenvolvimento analítico da caracterização, mapeamento e monitoramento dos impactos ambientais;

- Impacto sobre ecossistemas e sobre a população;

- Gestão voltada para impactos sociais, saúde e educação ambiental;

- Tratamento, com foco em remediação físico-química e biorremediação;

- Disposição e aproveitamento do óleo removido.

Os projetos receberão apoio por até dois anos. As propostas devem ser elaboradas por dois pesquisadores responsáveis, um vinculado a uma instituição de ensino superior e pesquisa do Estado de São Paulo e outro a uma instituição de ensino superior e pesquisa do Estado de Pernambuco. 

O prazo para envio de propostas é 30 de janeiro de 2020, sendo que o pesquisador responsável no Estado de São Paulo deverá submeter a proposta por meio da plataforma SAGe (www.fapesp.br/sage), ao mesmo tempo em que o pesquisador responsável em Pernambuco o fará por meio da plataforma de submissão da FACEPE (AgilFAP). 

Na FAPESP, as propostas deverão seguir as normas e condições da modalidade Auxílio à Pesquisa - Regular (APR).

Além dos requisitos de elegibilidade descritos nas normas de APR, os proponentes do Estado de São Paulo deverão demonstrar experiência na liderança de projetos de pesquisa em temas correlatos aos desta Chamada de Propostas e serem beneficiários (pesquisadores responsáveis ou principais) de projetos vigentes nas modalidades Auxílio à Pesquisa – Projeto Temático, PITE (Programa de Apoio à Pesquisa em Parceria para Inovação Tecnológica), CEPID (Centros de Pesquisa, Inovação e Difusão) e, excepcionalmente, nas modalidades APR ou JP (Auxílio à Pesquisa – Jovens Pesquisadores) desde que demonstrem ter tempo disponível para liderar a proposta.

A chamada está disponível em: http://www.fapesp.br/13741.

 

Versão para impressão | URL: fapesp.br/13743