Auxílio à Pesquisa - Reparo de Equipamentos

Auxílio à Pesquisa - Reparo de Equipamentos

 

1. Finalidade: Destina-se a reparo de equipamento relevante para a execução de projeto de pesquisa em instituição no Estado de São Paulo.

2. Tipos: Dependendo da vinculação a projetos de pesquisa, caracterizam-se dois tipos de solicitação nesta modalidade:

  • 1) Reparo de Equipamentos (Tipo I)

  • 2) Reparo de Equipamentos (Tipo II)

3. Solicitação: Em qualquer época do ano.

4. Análise: A análise da solicitação, seja do Tipo I ou Tipo II, deverá ser feita exclusivamente no âmbito das coordenações de área e adjunta, sem que haja necessidade de envio para assessoria externa.

5. Requisitos do Pesquisador:

  • Ter título de doutor ou qualificação equivalente;

  • Ter vínculo empregatício com instituição de pesquisa do Estado de São Paulo.

    • A FAPESP poderá aceitar, em determinadas condições, vínculos que não sejam empregatícios, mas comprovem solidez na dedicação acadêmica à Instituição de Pesquisa do Estado de São Paulo. Nesses casos, antes da submissão da proposta, deve ser apresentada consulta à Diretoria Científica da FAPESP, pelo canal “Converse com a FAPESP” informando: 

      •   a natureza do vínculo institucional;

      •   quantidade de horas semanais de dedicação à pesquisa implicadas no vínculo;

      •   a fonte de recursos para o pagamento;

      •   duração do referido vínculo.

    •  Professores aposentados, com vínculo com a USP, UNICAMP e UNESP, devem apresentar documento comprobatório do tipo de vínculo. 

6. Relatórios Científicos: Não há.

7. Reserva Técnica: Não há.

8. Prestação de contas: Conforme Termo de Outorga. Segue as regras do auxílio à pesquisa.

Clique aqui para ler o Manual de Prestação de Contas.

1) Reparo de Equipamentos (Tipo I) (volta ao índice)

Quando o pesquisador possui Auxílio à Pesquisa vigente na FAPESP, as solicitações devem ser encaminhadas na forma de suplementação de recursos ao projeto ao qual se vincula, mencionando o número do processo. Se o equipamento for de uso comum a vários projetos financiados pela FAPESP, eles deverão estar listados na justificativa, com os respectivos resumos e números de processo.

O Tipo I não se aplica à modalidade PITE e a projetos vinculados a convênios, pois não preveem aditivos. Nesses casos, deve ser feita opção pelo Tipo II.

Para projetos encaminhados em papel, a solicitação deve ser realizada por meio do formulário Solicitação de Alteração na Concessão Inicial, acompanhada dos seguintes documentos:

  • Resumo dos projetos de pesquisa que se beneficiarão com o conserto, caso o equipamento não tenha sido comprado com verba da FAPESP; 

  • Justificativa;

  • Laudo técnico referente ao conserto com a referida proforma ou orçamento.

Para projetos em tramitação pelo SAGe, deve ser feita uma Solicitação de Mudança (SM) do tipo Alteração de Orçamento no próprio sistema.

2) Reparo de Equipamentos (Tipo II) (volta ao índice) 

Quando o pesquisador não possui Auxílio à Pesquisa vigente na FAPESP, as solicitações devem ser submetidas exclusivamente pelo Sistema SAGe, no endereço www.fapesp.br/sage como proposta de Auxílio à Pesquisa – Reparo de Equipamento. As propostas somente serão autuadas se contiverem todos os documentos pertinentes a essa modalidade: 

  • Fonte de financiamento da aquisição do equipamento;

  • Laudo técnico referente ao conserto com a referida proforma ou orçamento;

  • Manifestação do Dirigente da Instituição;

  • Resumo dos projetos de pesquisa que se beneficiarão com o conserto, caso o equipamento não tenha sido comprado com verba da FAPESP;

  • Súmula Curricular do pesquisador.

Atenção: A partir de 01/11/2016, para submissão de proposta passa a ser obrigatório anexar uma cópia digitalizada do documento de identificação do Pesquisador Responsável no cadastro do SAGe. Acessar menu "Meus dados > Alteração de Cadastro" e anexar o documento solicitado na seção "Documento de Identificação" na aba Identificação. Esta obrigatoriedade se aplica a todos os Beneficiários e Responsáveis em propostas de Auxílios e Bolsas.