Bolsa de PD em Imunoquímica

Post-doctoral fellowship in Immunochemistry

Nº: 1412

Área de conhecimento: Imunologia

Field of knowledge: Immunology

Nº do processo FAPESP: 2015/50040-4

FAPESP process: 2015/50040-4

Título do projeto: Centro de Excelência para Descoberta de Alvos Moleculares

Project title: Centre of Excellence for Research in Target Discovery

Área de atuação: Imunoquímica

Working area: Immunochemistry

Pesquisador principal: Ana Marisa Chudzinski Tavassi

Principal investigator: Ana Marisa Chudzinski Tavassi

Unidade/Instituição: CENTD / Instituto Butantan

Unit/Instituition: CENTD / Instituto Butantan

Data limite para inscrições: 28/02/2017

Deadline for submissions: 2017-02-28

Publicado em: 30/01/2017

Publishing date: 2017-01-30

Localização: Av. Vital Brasil, 1.500 São Paulo

Locale: Av. Vital Brasil, 1.500 São Paulo

  • Resumo Summary

    Título do projeto: Vias de sinalização envolvidas na resposta inflamatória em modelos de cultura 3D de osteoartrite.

    O Centro de Excelência para Descoberta de Alvos Moleculares, uma nova parceria entre FAPESP, Glaxo-Smith Kline e Instituto Butantan, tem uma posição de Pós-Doutorado disponível no Laboratório de Imunoquímica do Instituto Butantan, São Paulo, Brasil.

    O pós-doutorando terá a oportunidade de trabalhar em um projeto sobre a identificação/elucidação e a validação de novos alvos/vias envolvidos na osteoartrite, utilizando como ferramentas toxinas de venenos de animais peçonhentos.

    Como requisitos, os candidatos devem ter doutorado em Imunologia, pelo menos três artigos como primeiro autor em revistas internacionais, motivação para resolver problemas biológicos complexos no campo da descoberta de alvos moleculares, motivação para trabalhar produtivamente em um ambiente interdisciplinar e fluência em inglês com boa habilidade de escrita.

    Experiência comprovada em culturas 3-D e em técnicas imunológicas, incluindo citometria de fluxo multicolor, é necessária. Experiência em microscopia confocal, ressonância plasmônica de superfície, biologia molecular e bioinformática é também desejada.

    Os candidatos interessados devem apresentar seus pedidos incluindo: carta de apresentação descrevendo realizações de pesquisa, curriculum vitae e duas cartas de recomendação. Por favor, enviar a aplicação para Denise V. Tambourgi, PhD (centd@butantan.gov.br / Cc: denise.tambourgi@butantan.gov.br).

    Esta oportunidade está aberta a candidatos de todas as nacionalidades. O candidato selecionado receberá bolsa de Pós-Doutorado da FAPESP no valor de R$ 6.819,30 mensais e um fundo de contingência de pesquisa, equivalente a 15% do valor anual da bolsa e que deve ser gasto em itens diretamente relacionados às atividades de pesquisa.

    Projeto
    A resposta inflamatória envolvida na osteoartrite será estudada em modelos de cultura 3D. Esse modelo permite a reprodução do microambiente das articulações, uma vez que diferentes tipos celulares podem ser cocultivados, tais como condrócitos, osteócitos e fibroblastos. As células imunes podem também ser adicionadas a esses modelos, permitindo a análise sobre seu papel na patogênese da osteoartrite. As culturas serão estimuladas por toxinas isoladas de venenos de animais peçonhentos, cujas atividades pró-inflamatórias tenham sido previamente descritas, sendo a expressão e a produção de moléculas envolvidas na inflamação avaliadas.

    Após a análise inicial in vitro, algumas toxinas serão escolhidas para melhor elucidar as vias de sinalização desencadeadas nos diferentes tipos celulares presentes na cultura 3D. O estudo das vias de sinalização envolverá diferentes estratégias, como o uso de inibidores específicos e a marcação intracelular de moléculas de sinalização, que serão analisadas por citometria de fluxo multicolor e microscopia confocal. Esses estudos permitirão a identificação de novas moléculas de sinalização envolvidas na resposta inflamatória e, possivelmente, novos alvos para o desenvolvimento de drogas anti-inflamatórias específicas para o tratamento da osteoartrite.

    Post-Doctoral Research Fellow: São Paulo, Brazil.

    Project Title: Signaling pathways involved in the inflammatory response in 3D culture models of osteoarthritis.

    The Centre of Excellence for Research in Target Discovery, a new partnership among FAPESP, Glaxo-Smith Kline and Butantan Institute, has a postdoctoral position available in the Laboratory of Immunochemistry at Butantan Institute, São Paulo, Brazil.

    The postdoctoral fellow will have the opportunity to work with a project on the identification/elucidation and validation of novel targets/pathways involved in osteoarthritis, using as tools toxins from poisonous animals.

    As requirements, the candidates should have PhD in Immunology, at least three first author papers in international peer reviewed journals, motivation to solve complex biological problems in the field of target discovery and to productively work in an interdisciplinary environment and be fluent in English with good writing skills.

    Good experience in 3-D cultures and in immunological techniques, including multi-color flow cytometry, are essential skills required for the candidates. Experience in confocal microscopy, surface plasmon resonance, molecular biology and bioinformatics is desired.

    Interested applicants should submit an application including a cover letter outlining research accomplishments, CV, two recommendation letters. Please send the application to Denise Tambourgi, PhD (denise.tambourgi@butantan.gov.br).

    This opportunity is open to candidates of any nationalities. The selected candidate will receive a FAPESP's Post-Doctoral fellowship in the amount of R$ 6.819,30 (around 2,115.00 USD) monthly and a research contingency fund, equivalent to 15% of the annual value of the fellowship which should be spent in items directly related to the research activity.

    Project
    The inflammatory response involved in osteoarthritis will be studied in 3D culture models. This model allows to closely reproducing the microenvironment of the joints, once different cell types can be co-cultured, such as chondrocytes, osteocytes and fibroblasts. Immune cells can also be added to these models, allowing the study of their roles on the pathogenesis of osteoarthritis. Cultures will be stimulated by toxins isolated from different venomous animals, whose pro-inflammatory activities had been previously described, and the expression and production of molecules involved with inflammation will be evaluated.

    After this initial in vitro screening, some toxins will be chosen for better elucidate the signaling pathways triggered in the different cell types present in the 3D culture. The study of signaling pathways will involve different assays, such as the use of specific inhibitors and the intracellular staining of signaling molecules, which will be analyzed by multicolor flow cytometry and confocal microscopy, including co-localization and tracking assays. These studies will enable the identification of novel signaling molecules involved with the inflammatory response, possibly novel targets for the development of anti-inflammatory drugs specific for the treatment of osteoarthritis.