Bolsa de PD em Neurociências

Post-doctoral Fellowship in Experimental Neurophysiology

Nº: 1841

Área de conhecimento: Medicina

Field of knowledge: Medicine

Nº do processo FAPESP: 2016/17882-4

FAPESP process: 2016/17882-4

Título do projeto: Estudo da conectividade da circuitaria meso-cortico-límbica em animais submetidos a Status epilepticus durante o desenvolvimento e sua relação com comorbidades psiquiátricas

Project title: Early-life Status epilepticus effects on meso-cortic-limbic connectivity and its relation with psychiatric comorbidities

Área de atuação: Neurociências, com ênfase em eletrofisiologia

Working area: Experimental neurophysiology

Quantidade de vagas: 1

Number of places: 1

Início: 01/02/2018

Start: 2018-02-01

Pesquisador principal: João Pereira Leite

Principal investigator: João Pereira Leite

Unidade/Instituição: Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto, Universidade de São Paulo

Unit/Instituition: Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto, Universidade de São Paulo

Data limite para inscrições: 15/12/2017

Deadline for submissions: 2017-12-15

Publicado em: 16/11/2017

Publishing date: 2017-11-16

Localização: Avenida Bandeirantes, 3900, Cidade Universitária, Ribeirão Preto

Locale: Avenida Bandeirantes, 3900, Cidade Universitária, Ribeirão Preto

E-mail para inscrições: jpleite@fmrp.usp.br

E-mail for proposal submission: jpleite@fmrp.usp.br

  • Resumo Summary

    O candidato selecionado desenvolverá um estudo para avaliar mudanças na comunicação entre o hipocampo, o córtex pré-frontal medial (mPFC) e a área tegmental ventral (VTA) após status epilepticus induzido por pilocarpina em ratos neonatos, e se essas mudanças se refletem em alterações comportamentais interictais comparáveis às comorbidades psiquiátricas da epilepsia. O pesquisador avaliará sinais eletrofisiológicos, memória de trabalho e processos de atenção em ratos adultos submetidos a status epilepticus no 12º dia de idade pós-natal (P12). O pesquisador também usará abordagens de optogenética para estimular VTA em camundongos transgênicos durante tarefas comportamentais relevantes às comorbidades psiquiátricas da epilepsia. 

    Requisitos-chave 

    • Doutorado em neurociência ou equivalente, com tese em eletrofisiologia;
    • Conhecimento de programação em pelo menos Python, C/ C++ ou Matlab;
    • Publicações que demonstrem experiência em modelos animais de epilepsia, uso de camundongos transgênicos e análise computacional de séries temporais neurais;
    • Forte histórico de publicação de artigos em revistas internacionais revisadas por pares;
    • Proficiência em inglês e ótima capacidade de comunicação escrita e oral;
    • Conhecimento do português básico para treinamento e supervisão de alunos de graduação;
    • Experiência em eletrofisiologia e optogenética;
    • Conhecimento básico em eletrônica e experiência com ferramentas de código aberto. 

    O que nós oferecemos 

    • Sistemas de optogenética / eletrofisiologia comerciais (Plexon) ou de código aberto (Open Ephys);
    • Possibilidade de estudos translacionais com avaliação do tecido cerebral humano e dados de eletroencefalografia de pacientes com epilepsia;
    • Bolsa de estudos de dois anos, financiada pela FAPESP. 

    Como aplicar 

    Escreva para jpleite@fmrp.usp.br com as seguintes informações:

    • CV Lattes;
    • Duas cartas de recomendação de supervisores anteriores. 

    Sobre nosso grupo 

    O Laboratório de Investigação em Epilepsia é uma unidade de pesquisa multimodal do Departamento de Neurociências e Ciências do Comportamento de Ribeirão Preto. Com o objetivo de realizar ciência translacional, nosso grupo trabalha com patologia e ressonância magnética em pacientes com epilepsia, e eletrofisiologia, comportamento e neuropatologia em modelos animais de epilepsia. Também colaboramos com estudos em doenças psiquiátricas e neurodegenerativas. 

    Demais informações 

    A bolsa FAPESP tem vigência de 24 meses, com a possibilidade de prorrogação por 12 meses.

    The selected applicant will develop a dual study to evaluate changes in the crosstalk between the hippocampus, medial prefrontal cortex (mPFC), and ventral tegmental area (VTA) after pilocarpine-induced status epilepticus (SE) in neonate rats or optogenetic stimulation of the VTA, and to investigate how these changes reflect in psychiatric comorbidities.

    For this, the selected researcher will evaluate electrophysiology, working memory, and attentive processes in adult rats submitted to SE at postnatal day 12 (P12). The researcher will have also to implement, test, and use optogenetics to stimulate VTA in transgenic mice during behavioral tasks relevant to psychiatric comorbidities. 

    Key requirements 

    • PhD in neuroscience or equivalent, with a thesis in electrophysiology;
    • Strong programming skills in at least Python, C/C++, or Matlab;
    • A publication record demonstrating experience in animal models of epilepsy, use of transgenic mice and computational analysis of neural time series is required;
    • Strong publication record with articles in international peer reviewed journals;
    • English proficiency and excellent written and oral communication skills;
    • Proved skills in electrophysiology and optogenetics;
    • Technical background in electronics and experience with open source tool is a plus. 

    What we offer 

    • State-of-the-art optogenetics/electrophysiology systems (Plexon), as well as open source systems (Open Ephys);
    • Possibility of translational studies with evaluation of human brain tissue and electroencephalography data from epilepsy patients;
    •Two-year scholarship, funded by FAPESP. 

    How to apply 

    Please apply to jpleite@fmrp.usp.br, with the following information:

    • A Lattes curriculum vitae (filled online at lattes.cnpq.br);
    • Two recommendation letters of reference from previous supervisors. 

    About our group

    The Epilepsy Research Laboratory (Laboratório de Investigação em Epilepsia) is a multimodal research facility from the Department of Neurosciences and Behavioral Sciences at Ribeirao Preto. Aiming translational science, our group works with pathology and magnetic resonance imaging in epilepsy patients, and electrophysiology, behavior, and neuropathology in animal models of epilepsy. We also collaborate with studies in psychiatric and neurodegenerative diseases. 

    Other informations 

    The FAPESP scholarship is valid for 24 months, with a possible 12 months extension.