Jornalistas

LEDs eliminam microrganismos nocivos à saúde bucal

LEDs eliminam microrganismos nocivos à saúde bucal

Pesquisadores do Centro de Pesquisa em Óptica e Fotônica (Cepof), em São Carlos, um dos 11 Centros de Pesquisa, Inovação e Difusão (Cepids) apoiados pela FAPESP no Estado de São Paulo, estão na fase final de estudo para desenvolvimento de um equipamento para destruir fungos e bactérias nocivos à saúde bucal com o uso de LEDs (diodos emissores de luz), que poderá estar disponível no Brasil em pouco tempo. Desde 2009, o físico Vanderlei Salvador Bagnato, professor do Instituto de Física de São Carlos da Universidade de São Paulo lidera pesquisas para criação de tratamento para descontaminação bucal.

Em parceria com a empresa Gnatus, de Ribeirão Preto, o equipamento aplica a técnica chamada de fototerapia dinâmica (TFD ou PDT, do inglês Photodynamic Therapy), também usada experimentalmente no tratamento de lesões em partes externas do corpo, doenças como o câncer de pele e leishmaniose, além de queimaduras.

A terapia fotodinâmica para matar microrganismos representa um recurso importante de combate a superbactérias, imunes aos mais poderosos antibióticos, e sua aplicação é relativamente simples. Depois de aplicar substância fotossensibilizadora na área infectada, ilumina-se o local com luz de comprimento de onda eletromagnética adequada para cada caso para provocar uma reação que leva à morte dos microrganismos pela quebra de sua membrana externa.

Título do projeto de pesquisa: Programa de inovação tecnológica do Centro de Pesquisa em Óptica e Fotônica de São Carlos (Cepof)

Pesquisador responsável: Vanderlei Salvador Bagnato

Instituição: Centros de Pesquisa, Inovação e Difusão (Cepid)

Projeto apoiado pela FAPESP na modalidade/programa:

Leia reportagem completa publicada na revista Pesquisa FAPESP: http://www.revistapesquisa.fapesp.br/?art=4381&bd=1&pg=1&lg=


Mais informações:
Assessoria de Comunicação da FAPESP
Fernando Cunha: 11.3838-4151


Página atualizada em 27/07/2022 - Publicada em 29/04/2011