Bolsa de PD em Análise de Dados Espaciais na Saúde

Post-Doctoral Fellowship in Spatial Data Analysis in Health

Nº: 4171

Área de conhecimento: Geografia

Field of knowledge: Geography

Nº do processo FAPESP: 2019/23593-3

FAPESP process: 2019/23593-3

Título do projeto: Mapeamento de risco integrado e o controle de caramujos em suporte a eliminação da esquistossomose no Brasil e Costa do Marfim sob mudanças climáticas futuras

Project title: Integrated risk mapping and targeted snail control to support schistosomiasis elimination in Brazil and Cote d'Ivoire under future climate change

Área de atuação: Geografia / Análise Espacial na Saúde

Working area: Geography / Spatial Analysis in Health

Quantidade de vagas: 1

Number of places: 1

Pesquisador principal: Adriano Pinter dos Santos

Principal investigator: Adriano Pinter dos Santos

Unidade/Instituição: Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais – Inpe

Unit/Instituition: Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais – Inpe

Data limite para inscrições: 30/05/2021

Deadline for submissions: 2021-05-30

Publicado em: 11/03/2021

Publishing date: 2021-03-11

Localização: Av. dos Astronautas, 1.758, Jardim da Granja, São José dos Campos

Locale: Av. dos Astronautas, 1.758, Jardim da Granja, São José dos Campos

E-mail para inscrições: miguel.monteiro@inpe.br

E-mail for proposal submission: miguel.monteiro@inpe.br

  • Resumo Summary

    A bolsa de pós doutorado está associada ao projeto do consórcio Belmont Forum “Mapeamento de risco integrado e o controle de caramujos em suporte a eliminação da Esquistossomose no Brasil e Costa do Marfim sob a mudanças climáticas futuras”. O projeto conta com equipes de universidades dos Estados Unidos, Reino Unido, Costa do Marfim, e três institutos de pesquisa do Brasil. O grupo brasileiro inclui pesquisadores do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (DIOTG – Divisão de Observação da Terra e Geoinformática, São José dos Campos, SP), Faculdade de Ciências e Tecnologia UNESP Campus Presidente Prudente (Departamento de Geografia), Instituto Renée Rachou/FIOCRUZ MG, SUCEN – Superintendência de Controle de Endemias (Departamento de Laboratórios Especializados, São Paulo, SP). A parte brasileira do projeto é financiada pela FAPESP (processo 2019/23593-3). O pós-doutorando será orientado pelo Dr. Antonio Miguel Vieira Monteiro, do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais do INPE, em São José dos Campos, São Paulo, em interação com pesquisadores e laboratórios dos quatro países.

    O objetivo é produzir cartografias inovadoras para representar de maneira integrada elementos da paisagem natural e da paisagem social para uma área de transmissão ativa da esquistossomose, considerando um recorte envolvendo municípios da microrregião de Ourinhos, SP. O projeto envolve o uso de dados de sensoriamento orbital, em particular imagens de sensores óticos de programas de observação da Terra por satélites, em particular, Landsat (NASA-EUA), CBERS (China-Brasil) e Sentinel (ESA-UE) e imagens geradas por drone com Câmera Multiespectral e Laser Scanner embarcados. Além de informações de fontes diversas para bases hidrográficas, bases de uso e cobertura da Terra, bases de dados geomorfométricos, mapeamentos da geologia e da pedologia e distribuição de hospedeiros intermediários, os censos demográfico e agropecuário e as bases do CNEFE (IBGE), as informações do CAR-Cadastro Rural Ambiental e os sistemas de informação em saúde. As cartografias resultantes devem descrever as características desta paisagem regional associadas aos condicionantes envolvidos na construção do risco para a esquistossomose neste território. O plano de trabalho deste projeto está disponível em https://fapesp.br/oportunidades/FAPESP-PlanoTrabalho-PosDoc-Belmont-Esquistossomose_05Mar2021-Portugues.pdf.

    Qualificações: a vaga está aberta a brasileiros e estrangeiros com doutorado em análise espacial, sensoriamento remoto, geografia, geologia, saúde pública, epidemiologia, engenharia ambiental, ecologia da paisagem e áreas afins. Os doutorados nestas áreas devem apresentar um recorte para áreas de aplicação envolvendo ambiente ou saúde, tendo em vista necessidades socioambientais.

    O candidato deve apresentar capacidade de trabalhar de forma independente, bem como com uma equipe interdisciplinar. São desejáveis experiência com técnicas associadas a imagens de sensoriamento remoto; experiência com bases censitárias e as bases da saúde; experiência com técnicas de estatísticas de análise e conhecimento de estatística espacial; experiência com Sistemas de Informações Geográficas e algum ambiente de estatística computacional aberto. É exigido um bom domínio da língua inglesa, escrita e falada.

    O selecionado receberá Bolsa de Pós-Doutorado da FAPESP no valor de R$ 7.373,10 mensais e Reserva Técnica equivalente a 10% do valor anual da bolsa para atender a despesas imprevistas e diretamente relacionadas à atividade de pesquisa.

    O doutorado deve ter sido obtido no máximo sete anos antes do início da bolsa de pós-doutorado. A bolsa é renovável anualmente, por até dois anos.

    Caso o bolsista resida em domicilio fora da cidade na qual se localiza a instituição sede da pesquisa e precise se mudar, poderá ter direito a um auxilio- instalação. Mais informações sobre a bolsa de Pós-Doutorado da FAPESP estão disponíveis em www.fapesp.br/bolsas/pd.

    Instruções para candidatura: a vaga já está disponível, com inscrição sujeita à aprovação da FAPESP Os candidatos interessados deverão enviar um e-mail para miguel.monteiro@inpe.br, com o assunto “Candidatura ao Pós-doutorado Belmont FAPESP”, contendo as seguintes informações: CV resumido, Uma breve carta explicando as experiências de pesquisa e como os interesses de pesquisa se encaixam nos objetivos do projeto. Os nomes e informações de contato de duas a três referências familiarizadas com a pesquisa e o trabalho acadêmico do candidato.

    Informações adicionais: para informações adicionais contate Miguel Monteiro – INPE em miguel.monteiro@inpe.br e Roseli Tuan – SUCEN em roselituan@gmail.com.

    This PostDoc opportunity is linked to a FAPESP-sponsored project that is part of the transnational project, “Integrated risk mapping and targeted snail control to support schistosomiasis elimination in Brazil and Cote d’Ivoire under future climate change”, promoted by Belmont Forum and with participating teams from United States, United Kingdom, Cote d’Ivoire and Brazil. The postdoc fellow will be supervised by Dr. Antonio Miguel Vieira Monteiro, at National Institute for Space Research, INPE at São José dos Campos, state of São Paulo, Brazil, in partnership with researchers and labs of the four countries.

    The objective of this project is to produce innovative cartographies to represent elements of the natural landscape and the social landscape in an integrated manner for an area, in the middle section of the Paranapanema river, of active transmission of schistosomiasis involving municipalities in the micro region of Ourinhos, São Paulo. The micro-region of Ourinhos (Western São Paulo) has a combination of environmental and social factors (hidrology, vegetation, soil characteristics, land cover and land use, dams, an agrarian dynamics, the health system services) that has kept schistosomiasis transmission active in the region. FAPESP, the São Paulo Research Foundation, funds the Brazilian side of the investigation via grant number 2019/23593-3. The project involves mainly the use of optical images from the Earth Observation Satellites Programs (Landsat-USA/NASA), CBERS-China/Brazil and Sentinel-EU/ESA) and images generated by drone with embedded Multispectral Camera and Laser Scanner sensors. In addition to the remote sensing data information from different sources for hydrographic databases, land use and coverage databases, geomorphometric databases, geology and pedology mappings and the point-localization of intermediate hosts (snails), the demographic and agricultural censuses and the CNEFE (IBGE) bases, the information from the CAR-Cadastro Rural Ambiental and data form the health information systems. The resulting cartographies must describe the characteristics of this regional landscape associated with the conditions involved in the production of the risk for schistosomiasis in this territory. The project’s working plan is available at https://fapesp.br/oportunidades/FAPESP-WorkingPlan-PosDoc-Belmont-Esquistossomose_05Mar2021-English.pdf.

    Qualifications: Ph.D. in Remote Sensing, Landscape Ecology, Geography, Geoinformation Science, Data Science, Spatial Econometrics, Spatial Epidemiology, Biology, Environmental Engineer or related fields (completed no more than seven years ago).

    The candidate must be able to work independently, as well as with an interdisciplinary team. Experience with techniques associated with remote sensing images; Experience with census databases and health databases; Experience with statistical analysis techniques and knowledge of spatial statistics; Experience with Geographic Information Systems and open computational statistics environments. A good command of the written and spoken English language is required. The post-doctoral fellow is expected to guide undergraduate students and offer a special topic on health geotechnologies in graduate programs in which team members are accredited. 

    This opportunity is open to candidates of any nationalities. The selected candidate will receive a FAPESP's Post-Doctoral fellowship in the amount of R$ 7,373.10 monthly and a research contingency fund, equivalent to 10% of the annual value of the fellowship which should be spent in items directly related to the research activity. The fellowship is yearly renewable, for up to two years.

    Application instructions: The position is available immediately, with application subject to approval by FAPESP. Interested candidates should send an email to miguel.monteiro@inpe.br, with subject “Belmont FAPESP Postdoc application", containing the following information:

    • CV;
    • A brief cover letter explaining research experiences and how the candidate´s research interests fit the goals of the project;
    • The names and contact information of two to three references that area familiar with the applicant's research and academic work.

    Further information: For additional information, please contact Miguel Monteiro – INPE at miguel.monteiro@inpe.br and Roseli Tuan – SUCEN at roselituan@gmail.com.