Bolsa de PD em Patologia Molecular / Imunopatologia

Post-doctoral Fellowship in Molecular Pathology / Immunopathology

Nº: 3190

Área de conhecimento: Parasitologia

Field of knowledge: Parasitology

Nº do processo FAPESP: 2018/14398-0

FAPESP process: 2018/14398-0

Título do projeto: Centro Reino-Unido:Brazil para o estudo da leishmaniose (JCPiL)

Project title: UK:Brazil Joint Centre Partnership in leishmaniasis (JCPiL)

Área de atuação: Patologia Molecular/Parasitologia/Molecular

Working area: Molecular Pathology/Molecular Biology/Molecular Parasitology

Quantidade de vagas: 1

Number of places: 1

Pesquisador principal: Hiro Goto

Principal investigator: Hiro Goto

Unidade/Instituição: Instituto de Medicina Tropical - Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo - USP

Unit/Instituition: Instituto de Medicina Tropical - Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo - USP

Data limite para inscrições: 25/10/2019

Deadline for submissions: 2019-10-25

Publicado em: 30/09/2019

Publishing date: 2019-09-30

Localização: Av. Dr. Enéas Carvalho de Aguiar, 470 - Jardim América, São Paulo

Locale: Av. Dr. Enéas Carvalho de Aguiar, 470 - Jardim América, São Paulo

E-mail para inscrições: hgoto@usp.br

E-mail for proposal submission: hgoto@usp.br

  • Resumo Summary

    Uma bolsa FAPESP de Pós-Doutorado está disponível para desenvolver o projeto “Patologia molecular da leishmaniose (UK:Brazil Joint Centre Partnership in leishmaniasis (JCPiL) - Molecular pathology of leishmaniasis: towards host-directed therapy in leishmaniases)”. Este projeto é uma parceria entre o laboratório do Brasil (Profª Hiro Goto, IMTSP/USP) e do Reino Unido (Paul Kaye, Universidade de York). O pós-doutorando participará do projeto no laboratório do Brasil, mas também passará períodos no laboratório do Reino Unido.

    Sobre o projeto 

    As leishmanioses são doenças parasitárias causadas por várias espécies de parasitos unicelulares (Leishmania) que são transmitidas aos seres humanos pela picada de flebotomíneos infectados. Essas doenças afetam mais de 150 milhões de pessoas em 98 países em todo o mundo. Algumas formas de leishmaniose são fatais, enquanto outras são muito estigmatizantes e afetam a qualidade de vida. Poucos medicamentos estão disponíveis para os pacientes e nenhuma vacina está registrada atualmente para uso na prevenção ou tratamento dessas doenças. É importante ressaltar que os medicamentos que possuímos não são universalmente eficazes e geralmente têm efeitos colaterais significativos. Às vezes, os pacientes, mesmo na mesma área geográfica, respondem de maneira bastante diferente à terapia. Nesta proposta, usaremos novas abordagens moleculares para realizar fenotipagem em amostras de tecido coletadas de pacientes com várias formas de leishmaniose para analisar elementos celulares e moleculares envolvidos na patogênese e na resposta ao tratamento, no intuito de identificar alvos do hospedeiro e do parasito para o desenvolvimento de novas terapias.

    O objetivo deste projeto envolve compreender a fisiopatologia das diversas formas de leishmaniose encontradas no Brasil, com foco na fenotipagem dos pacientes, comparando lesões cutâneas e mucosas de pacientes com leishmaniose tegumentar americana e leishmaniose visceral. O projeto determinará o perfil imunológico em todo o espectro da doença usando novos ensaios multiplex de imunohistoquímica e RNAFISH, transcriptômica e perfil espacial de tecidos por Nanostring. O projeto fornecerá novos dados sobre os mecanismos imunológicos que ocorrem nas diversas formas de leishmaniose e sobre o parasito. As vias identificadas podem ser alvos para o desenvolvimento de novas terapias.

    Requisitos da vaga

    Os candidatos devem ter Doutorado em Medicina Tropical, Parasitologia, Imunologia, Biologia Molecular ou áreas afins. Será dada preferência a indivíduos com experiência comprovada em parasitologia/imunopatologia molecular. O candidato deve ter experiência em projetos envolvendo seres humanos e modelos experimentais de camundongos e/ou ensaios in vitro de infecção de células hospedeiras com o parasito. Também deve ter experiência comprovada em trabalho de campo em áreas endêmicas, incluindo pesquisas epidemiológicas ou acompanhamento de pacientes, coleta de amostras, processamento de amostras para patologia, imunohistoquímica e biologia molecular e técnicas de diagnóstico como: pesquisa direta, cultura de parasitos, ELISA, IFI e PCR.

    Ademais, o candidato deve demonstrar experiência em técnicas moleculares, incluindo extração de DNA/RNA de biópsia fresca e amostras emblocadas em parafina (FFPE), diagnóstico baseado em PCR em tempo real (qPCR) para identificar as espécies de Leishmania e treinamento em ensaios de RNA-FISH. Os candidatos devem ser criativos, motivados, ter excelentes habilidades de comunicação oral e escrita e um senso de trabalho em equipe. É obrigatório que os candidatos sejam fluentes em inglês. O candidato selecionado receberá uma bolsa de pós-doutorado da FAPESP (detalhes em www.fapesp.br/270).

    Inscrição

    Interessados devem entrar em contato com a Profª Dra. Hiro Goto por e-mail (hgoto@usp.br), colocando no assunto “PostDoc_UK/FAPESP JCPiL”.

    Documentos solicitados

    Uma carta de intenção do candidato e uma versão resumida do Curriculum Vitae com uma lista de publicações e experiências profissionais anteriores. Além disso, duas cartas de recomendação de supervisores devem ser enviadas para o mesmo endereço de e-mail. Uma parte dos candidatos, pré-selecionados, que atenderem aos requisitos serão entrevistados (pessoalmente ou via Skype). Todos os documentos deverão estar em inglês.

    A post-doctoral Scholarship is available to work on the project “UK:Brazil Joint Centre Partnership in leishmaniasis (JCPiL)”. This project is a partnership between Brazilian (Hiro Goto, Tropical Medicine Institute of University of São Paulo’s Medical School – IMTSP/USP) and UK (Paul Kaye, University of York) laboratories. The post-doctoral fellow will study “Molecular pathology of leishmaniasis: towards host-directed therapy in leishmaniases” at the Brazilian laboratory but will also spend periods of time in the UK laboratory.

    About the project

    The leishmaniases are parasitic diseases caused by one of several species of single cell parasites (Leishmania) that are transmitted to humans by the bite of infected sand flies. These diseases affect over 150 million people across 98 countries worldwide. Some forms of leishmaniasis are fatal, whereas others are very stigmatising and affect the quality of life. Few drugs are available for patients and no vaccines are currently registered for use in preventing or treating these diseases. Importantly, the drugs that we do have are not universally effective and often have significant side effects. Sometimes patients even in the same geographical area will respond quite differently to therapy. In this proposal, we will use new molecular approaches to perform deep phenotyping on tissue samples collected from patients with various forms of leishmaniasis to analyze cellular and molecular elements engaged in pathogenesis and treatment response, with the purpose of identifying host and parasite targets that could be the focus for developing novel therapies.

    The aim of this project involves understanding the pathophysiology of the diverse forms of leishmaniasis found in Brazil focusing on deep phenotyping of patients, comparing cutaneous and mucosal lesions of patients with American tegumentary leishmaniasis and visceral leishmaniasis. The project will determine the immune profile across the disease spectrum using new multiplex immunohistochemistry and RNA-FISH assays, Nanostring whole tissue transcriptomics and Nanostring Digital Spatial Profiling. 

    The project will deliver new data on immune mechanisms operating in the diverse forms of leishmaniasis, and on the parasite response. The identified pathways could be the focus for developing novel therapies.

    Requirements

    Applicants must have a Ph.D. in Tropical Medicine, Parasitology, Immunology, Molecular Biology or related fields. Preference will be given to individuals with proven experience in molecular parasitology/immunopathology. The candidate should have experience with projects involving humans and experimental mouse models and/or in vitro host cell-parasite assays. The position requires proven experience in fieldwork in endemic areas, including epidemiological surveys or follow up of patients, sample collection, samples processing for pathological, immunohistochemistry and molecular biology, and diagnostic techniques such as direct research, parasite culture, ELISA, IFI, and PCR.

    The candidate should also demonstrate experience in molecular techniques including DNA/RNA extraction from fresh biopsy and formalin fixed paraffin embedded (FFPE) sections, Real Time PCR, diagnosis based on qPCR to identify the Leishmania species and / or training on RNA-FISH assays. Candidates should be creative, personally motivated, have excellent oral and written communication skills and a sense of teamwork. It is mandatory that applicants are fluent in English. The selected candidate will receive a Post-Doctoral Fellowship from FAPESP (explicit details are at www.fapesp.br/en/5427).

    How to apply

    Interested individuals should contact Professor Dr. Hiro Goto by email (hgoto@usp.br) using “PostDoc_UK/FAPESP JCPiL” as the subject of the email. Documents requested: a letter of intent and a short version of Curriculum Vitae with a list of publications and previous professional experiences. Also, two letters of recommendation from mentors/supervisors should be sent to the same email address. A part of the shortlisted candidates meeting the requirements will be contacted and interviewed (in-person or via Skype).