Bolsa de PD em Meteorologia

Post-Doctoral Fellowship em Meteorology

Nº: 3843

Área de conhecimento: Microbiologia

Field of knowledge: Microbiology

Nº do processo FAPESP: 2016/06160-8

FAPESP process: 2016/06160-8

Título do projeto: Amostragem e modelagem de aerossóis biogênicos primários no Sul-Sudeste do Brasil: associado às melhorias de modelos climáticos

Project title: Primary Biological Aerosol Particles (PBAP): sampling and modeling at Southern Brazil

Área de atuação: Meteorologia

Working area: Meteorology

Quantidade de vagas: 1

Number of places: 1

Pesquisador principal: Fábio Luiz Teixeira Gonçalves

Principal investigator: Fábio Luiz Teixeira Gonçalves

Unidade/Instituição: IAG/USP

Unit/Instituition: IAG/USP

Data limite para inscrições: 28/09/2020

Deadline for submissions: 2020-09-28

Publicado em: 03/09/2020

Publishing date: 2020-09-03

Localização: Rua do Matão, 1226, Cidade Universitária, São Paulo

Locale: Rua do Matão, 1226, Cidade Universitária, São Paulo

E-mail para inscrições: fabio.goncalves@iag.usp.br

E-mail for proposal submission: fabio.goncalves@iag.usp.br

  • Resumo Summary

    Os 500 km de extensão da Serra da Mantiqueira no sudeste do Brasil criam condições muito favoráveis para a formação de nuvens cumulonimbus que produzem tempestades, granizo e raios. Esses fenômenos podem ter efeitos graves nas principais produções agrícolas da região, como café, citros e biocombustível da cana-de-açúcar. Aerossóis emitidos pelo uso da terra podem catalisar ou limitar esses fenômenos atmosféricos dependendo de suas características (presença de núcleos de gelo e de núcleos de condensação de nuvens) e abundância. Em muitos casos, esses aerossóis são partículas microbiológicas ou detritos (bactérias e fungos) que também podem ter impactos na saúde das plantas. Voos de balão também estão programados para analisar a possível dispersão da fonte e cálculos de fluxo de núcleos de gelo biogênicos.

    O projeto financiado pela FAPESP sobre “Partículas Biológicas Primárias de Aerossol: Amostragem e modelagem no Sul do Brasil para melhorar os modelos climáticos”, liderado pelo Dr. Fábio Gonçalves, do Instituto de Astronomia, Geofísica e Ciências Atmosféricas da Universidade de São Paulo (IAG-USP), busca avaliar as taxas de emissão desses bioaerossóis da cobertura agrícola dos estados de Minas Gerais e São Paulo para melhorar as previsões dos modelos de comportamento das nuvens.

    Temos financiamento para um pesquisador de pós-doutorado – com experiência em microbiologia ambiental e familiaridade com os princípios da física atmosférica, especialmente a micrometeorologia – para caracterizar as emissões de bioaerossóis e, em particular, partículas biológicas de nucleação de gelo (INPs) em sítios experimentais em Minas Gerais e São Paulo em relação à ocupação do solo e práticas agrícolas. Os dados serão usados para melhorar a modelagem de nuvem (incluindo esquemas de microfísica de nuvem) em outra parte do projeto.

    O objetivo principal do pesquisador de pós-doutorado será avaliar o impacto do uso da terra (café, Brachiaria spp., Eucalyptus e árvores de floresta de restauração indígena) como fontes de INPs biológicos e o efeito da estação e várias práticas agrícolas em sua abundância. Este trabalho envolverá a medição do fluxo de INPs biológicos influenciados pela mecanização da colheita do café e por outras culturas diferentes e práticas de restauração florestal em particular.

    Este projeto interdisciplinar será realizado em colaboração com cientistas de 5 institutos de pesquisa e universidades no Brasil e colaboradores do INRA, França; a Universidade de Lund, Suécia; CNR da Itália; e Aarhus University, Dinamarca, representando expertise em física atmosférica, meteorologia, microbiologia, biologia molecular, astrobiologia, engenharia ambiental e modelagem de nuvem.

    A vaga está aberta a brasileiros e estrangeiros. O selecionado receberá Bolsa de Pós-Doutorado da FAPESP no valor de R$ 7.373,10 mensais e Reserva Técnica equivalente a 15% do valor anual da bolsa para atender a despesas imprevistas e diretamente relacionadas à atividade de pesquisa.

    The 500 km long Serra da Mantiqueira range in south-eastern Brazil creates very favorable conditions for the formation of massive cumulonimbus clouds that produce rainstorms, hail and lightning. These phenomena can have serious effects on the main agricultural productions of this region such as coffee, citrus and bio-fuel sugarcane. Aerosols emitted from land-cover can catalyze or limit these atmospheric phenomena depending on their characteristics (ice nuclei and cloud condensation nuclei) and abundance. In many cases, these aerosols are microbial cells or debris (bacteria and fungi) that can also have impacts on plant health. Balloon flights are also scheduled in order to analyze possible source dispersion and bio ice nuclei flux calculations.

    Funded by the São Paulo Research Foundation, the research project on “Primary Biological Aerosol Particles: Sampling and modeling in Southern Brazil to improve climate models” led by Dr. Fabio Gonçalves from the Institute of Astronomy, Geophysics and Atmospheric Sciences of the University of São Paulo's (IAG-USP), Brazil seeks to assess the emission rates of these bio-aerosols from agricultural land-cover in the states of Minas Gerais and São Paulo to improve model predictions of cloud behavior.

    We have funding for a post-doctoral researcher – with experience in environmental microbiology and familiarity with principles of atmospheric physics, specially micrometeorology – to characterize the emissions of bioaerosols and (particularly) biological ice-nucleating particles (INPs) in relation to land use and farming practices in experimental sites distributed between the states of Minas Gerais and São Paulo. Data will used to improve cloud modeling (including cloud microphysics schemes) in another part of the project.

    The postdoc main aim will be to assess land use impact (coffee, Brachiaria spp., Eucalyptus and indigenous trees of forest restoration) as sources of biological INPs and how their abundance is influenced by factors such as seasons and different agricultural practices. The study includes measuring the flow of biological INPs influenced by the mechanized harvesting of coffee and other crops and by forest restoration practices, in particular.

    This is a multidisciplinary project that will be carried out through cooperation between five reseearch institutions and universities in Brazil and other collaborators in INRA (France), Lund University (Sweden), CNR (Italy), Aarhus University (Denmark) representing expertise in atmospheric physics, meteorology, microbiology, molecular biology, astrobiology, environmental engineering and cloud modeling.

    This opportunity is open to candidates of any nationalities. The selected candidate will receive a FAPESP’s Post-Doctoral fellowship in the amount of R$ 7,373.10 monthly and a research contingency fund, equivalent to 15% of the annual value of the fellowship which should be spent in items directly related to the research activity.