Chamadas de Propostas

Chamada Comunicar Ciência

Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - FAPESP
Canal Futura - Fundação Roberto Marinho

Nota: O prazo para submissão de propostas na chamada Comunicar Ciência foi prorrogado para 29/01/2024.

Sumário

Duração do financiamento:

6 meses

Instruções para envio:

As propostas devem ser apresentadas somente pelo sistema SAGe (em português)

Anúncio da chamada:

26/10/2023

Prazo final para apresentação de propostas:

29/01/2024

Contato na FAPESP:

Dra. Patricia Tambourgi – jc@fapesp.br

1 Introdução

1.1. Apresentação

Este é o primeiro edital Comunicar Ciência, uma iniciativa da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP)em parceria com o Canal Futura da Fundação Roberto Marinho (FRM), com o objetivo de estimular e qualificar estudantes de graduação para atuar na difusão da informação científica e tecnológica, fomentar o seu engajamento nas atividades de pesquisa em sua própria universidade e ampliar o acervo de conteúdos sobre ciência e tecnologia veiculado nas multitelas do Canal Futura e nas plataformas da FAPESP.

O edital Comunicar Ciência tem como pressuposto a divulgação dos procedimentos e dos resultados de atividades de pesquisas científicas e a popularização do trabalho de pesquisadores atuantes nas universidades paulistas. O foco é entregar conteúdos de divulgação científica, a serem disponibilizados para o grande público, que resultem de um olhar curioso e provocativo sobre a ciência, contendo dados confiáveis, utilizando recursos multimídias variados com linguagem acessível e adequada, tendo suporte do Canal Futura, da Fundação Roberto Marinho e da FAPESP.

A iniciativa prevê a concessão de Bolsas de JC-I para estudantes de graduação vinculados a universidades e instituições de ensino e pesquisa públicas e privadas do estado de São Paulo, para atuar na divulgação científica de projetos de pesquisa apoiados pela FAPESP, sob a coordenação de um pesquisador responsável (PR).

No ato da submissão de uma proposta, o proponente precisa ser pesquisador responsável ou pesquisador principal de um Auxílio à Pesquisa de uma das seguintes modalidades de apoio da FAPESP: Projeto Temático, Centros de Pesquisa, Inovação e Difusão (CEPID), Centro de Pesquisa em Engenharia/ Centro de Pesquisa Aplicada (CPE/CPA), Centros de Ciências para o Desenvolvimento (CCD), SPEC, Projeto Inicial (PI), Projeto Geração ou Jovem Pesquisador.

Na submissão de uma proposta, o proponente deverá indicar uma dupla de estudantes a ser beneficiada com as Bolsas. Cada dupla deverá contemplar a entrega de 3 (três) produtos (podcast, vídeos/reels para redes sociais, vídeorreportagem ou reportagem escrita), que deverá ser comprovada no momento do Relatório Científico.

Os bolsistas selecionados participarão de jornada formativa on-line, sobre técnicas de produção de materiais multimídia, oferecido pelo Canal Futura, de forma que os conteúdos de divulgação científica produzidos sejam acessíveis ao grande público. A jornada formativa substituirá o Curso de Introdução ao Jornalismo Científico, usualmente exigido para Bolsas de Jornalismo Científico.

A jornada formativa será composta por “masterclasses” e cursos da Co.liga, escola livre de Economia Criativa (http://coliga.digital/), sobre linguagens e formatos a serem utilizados na etapa de produção multimídia. Ao final da jornada formativa, as duplas deverão optar por uma ou mais linguagens a serem utilizadas em cada um dos três produtos que serão apresentados ao final do período da Bolsa.

As propostas inscritas serão submetidas a este edital, disponível pelo período de 26 outubro de 2023 a 22 de janeiro de 2024. As propostas selecionadas serão apoiadas por meio da concessão de Bolsas JC1 da FAPESP no âmbito do Programa Mídia Ciência, na modalidade Jornalismo Científico.

1.2. Comunicar Ciência

A comunicação científica é a divulgação de fatos e informações de natureza científica e tecnológica, tendo por propósito levar ao conhecimento dos cidadãos as novas descobertas da ciência. Popularizar a ciência contribui para a reflexão sobre sua função na sociedade, subsidia a tomada de decisão por parte dos cidadãos e ajuda a despertar no grande público, sobretudo entre os mais jovens, o interesse pela ciência. Ademais, é ferramenta importante para atrair investimentos e apoios à pesquisa, contribuindo com o avanço científico e tecnológico do país.

2 Objetivos

a) Ampliar o engajamento de estudantes de graduação com as atividades de pesquisa;

b) Fomentar e promover atividades de divulgação de pesquisa científica produzida por pesquisadores de universidades e institutos de pesquisa do estado de São Paulo;

c) Incentivar produtores de conteúdos de divulgação científica;

d) Colaborar com a diversificação do acervo distribuído nas plataformas do Canal Futura e FAPESP;

e) Contribuir com a divulgação científica, utilizando-se de recursos midiáticos como ferramenta privilegiada para a comunicação de pesquisas e trabalhos científicos.

f) Expandir para além do ambiente acadêmico o alcance dos trabalhos científicos produzidos por especialistas brasileiros;

3 Duração

3.1. A duração inicial da Bolsa é de 6 (seis) meses, com início sempre no primeiro dia de cada mês, podendo ser renovada, em condições excepcionais e muito bem definidas e justificadas, por até mais 6 (seis) meses.

3.2. A renovação da Bolsa dependerá do desempenho do bolsista, avaliado pelo seu Relatório Científico, e do conteúdo da proposta para os próximos 6 (seis) meses.

4 Elegibilidade

4.1. São elegíveis para esta Chamada:

4.1.1. Pesquisadores Responsáveis ou principais de um Auxílio à Pesquisa concedido pela FAPESP em andamento das modalidades Projeto Temático, Centros de Pesquisa, Inovação e Difusão (CEPID), Centro de Pesquisa em Engenharia/ Centro de Pesquisa Aplicada (CPE/CPA), Centros de Ciências para o Desenvolvimento (CCD), SPEC, Projeto Inicial (PI), Projeto Geração ou Jovem Pesquisador.

4.1.1.1. O número do processo do Auxílio à Pesquisa em andamento deverá ser inserido no campo “Processo Vinculado” da proposta no SAGe.

4.1.1.2. O Auxílio à pesquisa em andamento, ao qual a Bolsa é vinculada, deve estar vigente pelo menos até setembro de 2024.

4.1.2. Bolsistas: estudantes dos cursos de graduação de qualquer área, a partir do 5º semestre, de universidades e instituições de ensino e pesquisa públicas e privadas do estado de São Paulo.

5 Características da proposta

5.1. Preparando uma proposta: cada proposta deve ser composta pelo conjunto de documentos e formulários exigidos no sistema SAGe para a modalidade.

5.2. As Bolsas solicitadas no âmbito desta Chamada serão da modalidade descrita no item 3.3 das normas de Bolsa de Jornalismo Científico (JC1), disponíveis em www.fapesp.br/jornalismocientífico.

5.2.2. A estas Bolsas se aplicam os requisitos e critérios especificados neste edital e, em caso de omissão, nas normas gerais de Bolsa de Jornalismo Científico.

5.3. Submetendo uma proposta:

5.3.1. As propostas devem ser enviadas à FAPESP através do sistema SAGe (www.fapesp.br/sage), através do caminho: Nova Proposta Inicial > Chamadas Vigentes > Fundação Roberto Marinho > Comunicar Ciência - Chamada de Propostas (2023)

5.3.2. Nenhuma proposta será aceita após a data limite para submissão, tampouco serão aceitos quaisquer adendos ou justificativas, exceto aqueles explícita e formalmente solicitados pela FAPESP.

5.3.3. Cada integrante da dupla deverá submeter uma proposta separadamente no SAGe.

5.3.4. O nome do parceiro da dupla deverá ser indicado na proposta na aba “Campos Adicionais”.

5.3.5. As duas propostas devem apresentar o mesmo documento referente à Proposta de pesquisa jornalística.

5.3.5.1 A denegação da proposta de um dos membros da dupla acarretará na denegação da outra proposta da dupla.

5.3.6. Esta Chamada não permite pedido de reconsideração.

5.4. Inscrições e documentos

5.4.1. As inscrições estarão abertas no período de 26 de outubro até 22 de janeiro de 2024 no SAGe.

5.4.2. Para inscrição, é necessário apresentar um breve resumo do projeto de pesquisa em andamento na FAPESP que será objeto de divulgação, indicando o endereço das redes sociais em que serão publicados.

5.4.3. Também é necessário enviar vídeo curto (no máximo 1 minuto) com a apresentação da dupla de estudantes responsável pela divulgação científica e a justificativa para participação no edital.

5.4.3.1. O vídeo deverá ser publicado em uma plataforma de compartilhamento, e na submissão deverá ser disponibilizado apenas o link do arquivo.

5.4.3.2. É responsabilidade da dupla testar o link para garantir sua correta reprodução.

5.4.4. Demais documentos necessários poderão ser vistos quando do preenchimento da proposta no SAGe.

5.4.5. Conforme normas de Bolsas de Jornalismo Científico, os Relatórios Científicos devem ser apresentados nas datas especificadas no Termo de Outorga.

5.4.6. Os integrantes da dupla deverão elaborar conjuntamente o Relatório Científico e apresentar o mesmo documento nos processos das duas Bolsas no SAGe.

5.4.7. O Pesquisador Responsável pelo Auxílio poderá inscrever mais de uma dupla para participar desta Chamada.

6 Como será o financiamento?

6.1. As Bolsas serão concedidas no nível JC-I e o valor das mensalidades pode ser consultado na Tabela de Valores de Bolsas FAPESP, disponível em www.fapesp.br/3162 (Tabela de Valores de Bolsas no País).

6.2. Serão disponibilizadas 300 (trezentas) Bolsas, distribuídas para 150 duplas de estudantes de graduação. Cada dupla será orientada por um pesquisador responsável, vinculado a projeto FAPESP em andamento, conforme item 4.1.1 deste edital.

6.3. Cada dupla será responsável pela entrega de 3 (três) produtos de divulgação científica no período de 6 (seis) meses de Bolsa, que deverá ser comprovada no momento do Relatório Científico.

6.3.1. No caso de prorrogação por mais seis meses, conforme item 3.2, outros três novos produtos deverão ser desenvolvidos e apresentados no Relatório Científico subsequente.

6.4. Os estudantes contemplados neste edital participarão de jornada formativa, para que conheçam e escolham a mídia que será utilizada em seus trabalhos de divulgação, sob orientação e mentoria de uma equipe especializada, formada por jornalistas e comunicadores selecionados da equipe do Canal Futura, que ficarão responsáveis pela avaliação, aprovação e distribuição dos conteúdos.

7 Como será a análise?

7.1. Considerando que as propostas submetidas no âmbito desta Chamada serão associadas a projetos de pesquisa em andamento, a análise será feita no âmbito das Coordenações da FAPESP, tomando como base os critérios e requisitos apresentados no edital e na norma da modalidade.

7.2. Os resultados serão endossados pela FRM.

8 Cronograma

Anúncio da Chamada

26 de outubro de 2023

Data limite para submissão de propostas

29 de janeiro de 2024

Anúncio dos resultados

Março de 2024

9 Contato

Dra. Patricia Tambourgi – jc@fapesp.br

Anexo 1. Processo de formação e produção

Os bolsistas selecionados participarão de jornada formativa, a qual terá a duração da bolsa e será composta on-line por 2 (duas) etapas:

• Etapa 1 > 04 (quatro) masterclasses com 2h de duração: promovidas pelo Canal Futura e Fundação Roberto Marinho. As masterclasses ocorrerão por meio da ferramenta de videochamada e serão ministradas por profissionais de mídia, referência nos seus campos de atuação, que falarão de atividades exercidas ao longo da sua carreira, apresentando linguagens e formatos multimídia e oferecendo dicas aos candidatos sobre a produção de conteúdo com a ferramenta de comunicação ao qual é especialista. As masterclasses vão abordar os seguintes temas:

a. produção de podcast

b. produção de vídeos (reels) para redes sociais

c. produção de videorreportagem

d. produção de reportagem escrita com uso de recursos visuais (infográficos e fotografia)

• Etapa 2 > Cursos on-line (5h cada curso): após as masterclasses, o candidato ou candidata deverá realizar ao menos dois cursos on-line autoinstrucionais e de curta duração oferecidos pela Co.liga, escola livre de Economia criativa, que têm ligação com a linguagem a ser escolhida para a produção do material de divulgação. A escolha vai ocorrer após a participação on-line síncrona da etapa 1 da formação. Os cursos correlacionados com o edital são:

a. produção de podcast

- Podcast: da ideia ao streaming

- Contar histórias com imagens e sons: uma introdução ao roteiro audiovisual

- Estúdio em casa - Produzindo música sem sair do quarto

b. produção de vídeos (reels) para redes sociais

- Contar histórias com imagens e sons: uma introdução ao roteiro audiovisual

- Narrativas digitais: produção de conteúdo para redes sociais

- Cinema de gambiarra: produzindo vídeos criativos com cara de cinema

c. produção de videorreportagem

- Contar histórias com imagens e sons: uma introdução ao roteiro audiovisual

- Cinema de gambiarra: produzindo vídeos criativos com cara de cinema

- Jogos de montar: uma introdução criativa à edição audiovisual

d. produção de reportagem escrita com uso de recursos visuais (infográficos e fotografia)

- Infográficos: como contar histórias visuais com dados

- Design editorial: o mundo das publicações

- Bom de trato: edição, tratamento e manipulação de fotografias

A participação nas 4 (quatro) masterclasses iniciais é obrigatória para todos os estudantes.

As duplas serão orientadas durante o processo de formação e produção, quando deverão informar em qual linguagem multimídia será desenvolvida a entrega dos produtos de divulgação científica e realizar ao menos 2 (dois) cursos gratuitos indicados neste edital.

Anexo 2. Formatos Multimídia

Após a fase inicial de formação e “masterclasses”, cada dupla de estudante deverá informar ao orientador do projeto no Canal Futura que formato multimídia será trabalhado na fase de desenvolvimento. Cada dupla entregará 3 (três) produtos na mesma linguagem escolhida no início da produção.

  • Produção de podcast: Reportagens em formato a ser definido com a orientação do Canal Futura. Serão desenvolvidos 3 (três) episódios com duração de 10 a 20 min cada, entregues em 3 (três) etapas durante o período da bolsa.
  • Produção de vídeos (reels) para redes sociais: Produção de vídeos para redes sociais. Serão entregues 3 (três) coleções de postagem, cada uma contendo 5 (cinco) vídeos curtos de 2 a 3 minutos. Totalizando 15 (quinze) vídeos curtos entregues em 3 (três) etapas durante o período da bolsa.
  • Videorreportagem: Reportagem telejornalística, editada com imagens, com locução gravada, passagem do repórter, entrevistas gravadas com personagens. No período de 6 (seis) meses de bolsa serão desenvolvidas 3 (três) reportagens de 10 a 20 min entregues em 3 (três) etapas durante o período da bolsa.
  • Reportagem escrita com uso de infográficos e/ou fotos: Reportagem jornalística, escrita, com entrevistas com personagens. Serão produzidos 3 (três) textos de até 500 (quinhentos) palavras ou 2 (duas) laudas, com fonte Calibri, tamanho 12, e espaçamento simples. As reportagens deverão conter fotos, com legendas curtas e créditos e/ou infográfico simples, destacando a pesquisa.

Anexo 3. Dos Direitos Autorais e Uso de Imagem

Todos os bolsistas, durante a produção dos produtos, deverão coletar e guardar de cada pessoa externa envolvida, autorizações de uso de imagem e voz em modelo padrão fornecido pelo Canal Futura / FRM e de acordo com a Lei Geral de Proteção de Dados (‎Nº 13.709), a fim de que seus trabalhos possam ser distribuídos nas multitelas do Canal Futura.

O não cumprimento desse quesito impede a distribuição das reportagens produzidas nas multitelas do Canal Futura.

Anexo 4. Distribuição dos Conteúdos

As propostas aprovadas no edital Comunicar Ciência terão seus conteúdos distribuídos nas multitelas do Canal Futura (site, redes sociais, portal da FRM, Canal Futura, Midiateca).

Todos os produtos, videorreportagens, reportagens escritas, audiorreportagens (podcast) ou posts para redes sociais produzidos pelos bolsistas passarão por supervisão da equipe de mobilização e acompanhamento do Canal Futura, para garantir o rigor jornalístico e a boa qualidade técnica e de conteúdo do projeto a ser divulgado.

Os conteúdos terão a sua produção supervisionadas e avaliadas antes de serem veiculadas. Essa análise é fundamental para manter o nível de excelência do Canal Futura, que prima por um jornalismo ético, imparcial e independente, que não permite a veiculação de erros factuais nem formais.


Página atualizada em 23/01/2024 - Publicada em 17/10/2023