Conferências

Physician-Scientists: Bridging the gap between bench and bedside – Antonio Bianco

A conferência vai explicar como ocorre, nos Estados Unidos, a formação dos chamados médicos pesquisadores (physician-scientists). Por serem detentores tanto do diploma de medicina como do título de doutorado (MD-PhD), esses profissionais estão aptos a identificar questões clínicas importantes que impulsionam descobertas básicas, bem como a traduzir esses achados em terapias que melhoram os resultados dos pacientes.

A formação tem início com o ingresso em um dos 50 programas combinados de MD-PhD financiados pelo National Institutes of Health (NIH) ou pelo treinamento em pesquisa após a residência e especialização clínica por meio de bolsas de desenvolvimento de carreira financiadas pelo NIH ou instituições privadas. Ainda durante o treinamento, eles frequentemente garantem uma posição docente em um centro médico acadêmico e estabelecem seus próprios laboratórios.

Isso é combinado com contato clínico limitado com pacientes e educação de estagiários. A última etapa consiste em obter financiamento independente para pesquisa e orientar outros jovens cientistas.

INSCRIÇÕES

Dr. Bianco é médico-cientista e escritor, com atuação na área de tireoide. Obteve seu doutorado pela Faculdade de Medicina da Santa Casa de São Paulo e doutorado em Fisiologia Humana pelo ICB-USP, em São Paulo. Posteriormente imigrou para os Estados Unidos, onde mantém um laboratório financiado pelos NIH. Atuou como membro regular das seções de estudo dos NIH e do Conselho de Conselheiros Científicos do NIDDK, ocupou vários cargos administrativos, incluindo chefe de endocrinologia na Universidade de Miami e na Rush University, onde também atuou como presidente da Prática Médica. Foi presidente da American Thyroid Association em 2016. Seu trabalho foi reconhecido por vários prêmios.

Ao lado de seus alunos de pós-graduação, pós-doutorado e colaboradores, Bianco tem publicado na área de metabolismo e ação dos hormônios tireoidianos, com implicações no tratamento de pacientes com hipotireoidismo. Sua pesquisa concentra-se em como o T3 inicia ou termina etapas biológicas críticas, mantendo níveis plasmáticos relativamente estáveis.

Moderação: Fernando Ferreira Costa Faculdade de Ciências Médicas, Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP)

Programa

09h30 Credenciamento
10h00 Abertura
10h10 Conferência
11h00 Perguntas e respostas
11h30 Encerramento


Acompanhe a programação das Conferências FAPESP 2024: clique aqui

Local: Auditório FAPESP – Rua Pio XI, 1500 – Alto da Lapa, São Paulo, SP