Chamadas de Propostas

Chamada de Propostas – eScience 2022

Chamada FAPESP para submissão de propostas de pesquisa no Programa FAPESP de Pesquisa em eScience e Data Science: Ciências Humanas, Sociais e Aplicadas

Prazo para submissão da proposta:

15 de julho de 2022

Anúncio dos resultados:

Novembro de 2022

Modalidades de Apoio:

Auxílio à Pesquisa – Projeto Temático

Auxílio à Pesquisa – Regular

Bolsa de Pós-Doutorado vinculada a Projetos Temáticos ou Centros (CEPIDs, CPEs, CPAs, PDIPs, NPOPs ou CCDs) vigentes

Submissão:

As propostas devem ser submetidas através da plataforma SAGe da FAPESP

Recursos financeiros disponíveis:

O total de recursos disponíveis para esta Chamada de Propostas é de até R$ 21 milhões (vinte e um milhões de reais) para o conjunto das modalidades de apoio.

Elegibilidade:

Seguindo as normas e orientações de cada modalidade de apoio, item 3 da Chamada.

Contato na FAPESP:

Dra. Patrícia Tambourgi – eScience@fapesp.br


1. Introdução

1.1 A Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo, FAPESP, anuncia publicamente esta Chamada de Propostas e convida pesquisadores vinculados a instituições de ensino superior e pesquisa no estado de São Paulo a apresentarem propostas de pesquisa nas condições aqui descritas.

1.2 O objetivo principal do Programa FAPESP de Pesquisa em eScience e Data Science (https://fapesp.br/escience/) é encorajar abordagens ousadas, inovadoras e não convencionais para pesquisa multidisciplinar de classe mundial, envolvendo colaboração conjunta de pesquisadores da computação e de outras áreas.

2. Temas de Pesquisa

2.1 As propostas de pesquisa abrangem todos os tipos de pesquisa colaborativa conduzidas em conjunto por pesquisadores de Computação e de Ciências Humanas e Sociais, restringindo-se a pesquisa às áreas caracterizadas no item 2.2. Serão priorizadas propostas que promovam diálogo interdisciplinar substantivo e/ou intercâmbio conceitual e metodológico, construindo pontes teóricas, analíticas e/ou metodológicas que possam gerar conhecimento transdisciplinar entre Computação e CHS, assim como contribuir para formar novos pesquisadores capazes de realizar tal diálogo.

2.2 Neste edital, poderão ser submetidas propostas interdisciplinares que envolvam pesquisa em Computação e em Ciências Humanas e Sociais, incluindo, mas não se limitando, aos seguintes tópicos interdisciplinares:

2.2.1 Do lado das Ciências Humanas e Sociais:

a. Ciências Sociais (Sociologia, Ciência Política e Antropologia);

b. Economia;

c. Demografia;

d. Geografia;

e. Planejamento Urbano;

f. Línguas e linguística;

g. Estudos de Ciência e Tecnologia;

h. Direito;

i. Filosofia;

j. História.

2.2.2 Do lado da Ciência da Computação:

a. Pesquisa em estabelecimento de infraestruturas de dados para temáticas envolvendo Ciências Humanas e Sociais, incluindo por exemplo a modelagem, criação e manutenção de repositórios de dados associados às temáticas tratadas em Ciências Humanas e Sociais e o desenvolvimento de protocolos específicos para, por exemplo, anonimização, proteção de privacidade e interoperabilidade entre repositórios;

b. Pesquisa em algoritmos, geração e documentação de dados e desenvolvimento de software ligados a problemas nas Ciências Humanas e Sociais, incluindo por exemplo a geração de dados sintéticos, algoritmos de geração, análise e visualização de dados, desenvolvimento de interfaces humano-computador inclusivas com acessibilidade, simulações, processamento de dados multimeios ou o uso de princípios FAIR no ciclo de vida de dados e software;

c. Busca por consórcios e parcerias de pesquisa colaborativa (eScience para CHS, em alguns casos chamada eSocial-Science).

3. Modalidades de Apoio: duração, elegibilidade e itens financiáveis

3.1 As modalidades de apoio da FAPESP possíveis para esta Chamada de Propostas são:

I) Auxílio à Pesquisa Projeto Temático: Com duração de 60 meses. Informações específicas para essa modalidade de apoio, incluindo requisitos de elegibilidade e itens financiáveis, estão disponíveis em fapesp.br/tematico. Serão concedidos até 3 projetos de valor total de até R$ 2 milhões cada um. Excepcionalidades para esta Chamada:

a. As propostas na modalidade Auxílio à Pesquisa - Projeto Temático podem também incluir solicitações de Bolsas de Mestrado (MS) e/ou Doutorado (DR). Observe-se que a duração das Bolsas não poderá exceder o tempo máximo permitido para a modalidade e não poderá exceder a duração do projeto. O orientador deve ser necessariamente o Pesquisador Responsável ou um Pesquisador Principal da proposta.

II) Auxílio à Pesquisa Regular: Informações específicas para essa modalidade, incluindo requisitos de elegibilidade e itens financiáveis, estão disponíveis em www.fapesp.br/apr. Serão concedidos até 5 projetos nesta modalidade. Excepcionalidades para esta Chamada:

a. As propostas na modalidade Auxílio à Pesquisa - Regular podem incluir pedidos de Bolsas de Iniciação Científica (IC), Mestrado (MS) e Pós-Doutorado (PD). Observe que a duração das Bolsas não poderá exceder o tempo máximo permitido para a modalidade, não poderá exceder a duração do projeto e o orientador/supervisor deve ser o Pesquisador Responsável da proposta.

III) Bolsa de Pós-Doutorado no País, vinculada a Projetos Temáticos ou Centros (CEPIDs, CPEs, CPAs, PDIPs, NPOPs ou CCDs) vigentes: Com duração de até 48 meses, devendo ser submetida como solicitação complementar. Informações específicas para esta modalidade, incluindo requisitos de elegibilidade e itens financiáveis, estão disponíveis em fapesp.br/bolsas/pd. As orientações para envio de solicitações complementares estão disponíveis em fapesp.br/1413. Serão apoiadas nesta Chamadas Bolsas PD nas seguintes áreas:

a. Bolsa de Pós-Doutorado em ciência de dados, vinculada a projetos em andamento de CHS

Até um pós-doutor por projeto em CHS, com formação em ciência de dados. O objetivo é que as Bolsas de Pós-Doutorado sejam solicitadas a partir de propostas específicas organizadas visando a resolução de problemas de pesquisa concretos, e não meramente temas.

Serão financiadas até 8 Bolsas PD seguindo as normas da FAPESP para solicitações complementares.

b. Bolsa de Pós-Doutorado de CHS em pesquisas interdisciplinares, vinculada a projetos em andamento

Serão apoiadas Bolsas PD cujas pesquisas fomentem o uso de dados de outros campos disciplinares em projetos nas CHS e vice-versa. Por exemplo, há grande necessidade do aproveitamento dos dados do COVID DataSharing/BR em projetos em CHS. O mesmo se aplica para projetos em áreas como mudanças climáticas, biodiversidade e saúde, que se beneficiariam com a participação ativa de pós-doutores de CHS em pesquisas interdisciplinares.

Neste caso, o edital irá promover a seleção de pós-doutores com formação em ciências humanas para desenvolvimento de pesquisas em Projetos Temáticos ou Centros (CEPIDs, CPEs, CPAs, PDIPs, NPOPs ou CCDs) vigentes de áreas em que tal interdisciplinaridade possa gerar bons resultados. Serão apoiadas até 25 Bolsas PD seguindo as normas da FAPESP para solicitações complementares.

4. Características da proposta: como preparar e enviar uma proposta

4.1 Preparando uma proposta

4.1.1 Cada proposta deve ser composta pelo Projeto de Pesquisa e pelo conjunto de documentos e formulários exigidos no sistema SAGe para a modalidade de apoio selecionada;

4.1.2 As diretrizes para a apresentação de propostas nas modalidades Auxílio à Pesquisa – Regular, Auxílio à Pesquisa – Projeto Temático e Bolsas de Pós-Doutorado como solicitação complementar estão descritas no Anexo I. Ao preparar a proposta, por favor, use os títulos indicados no Anexo I como títulos de seção.

4.2 Submetendo uma proposta

4.2.1 As propostas devem ser enviadas à FAPESP através do sistema SAGe (fapesp.br/sage).

4.2.2 Nenhuma proposta será aceita após a data limite para submissão, nem qualquer adendo ou justificativa serão aceitos, exceto aqueles explicitamente e formalmente solicitados pela FAPESP.

5. Cronograma

Anúncio da Chamada

2 de maio de 2022

Data limite para submissão de propostas

15 de julho de 2022

Divulgação das propostas selecionadas

Novembro de 2022

6. Recursos Financeiros disponíveis para esta Chamada de Propostas

6.1 O total de recursos disponíveis para esta Chamada de Propostas é de até R$ 21 milhões (vinte e um milhões de reais) para o conjunto das modalidades de apoio. A FAPESP reserva-se o direito de propor valores de financiamento inferiores aos solicitados para as propostas recebidas.

7. Propriedade intelectual

7.1 A política de propriedade intelectual da FAPESP está disponível em: fapesp.br/pi.

8. Comunicação de resultados

8.1 Os resultados serão divulgados no site da FAPESP (fapesp.br) e por meio de comunicação aos proponentes.

9. Publicações associadas aos projetos financiados

9.1 As publicações científicas resultantes dos projetos financiados devem obedecer a Política de Acesso Aberto da FAPESP – fapesp.br/12632.

9. 2 Os dados e softwares produzidos pelas pesquisas resultantes dos projetos financiados pelo Edital devem ser disponibilizados de forma aberta em repositórios públicos, exceto se existirem restrições de cunho ético ou legal.

10. Perguntas sobre esta Chamada de Propostas

Dúvidas sobre esta Chamada devem ser enviadas, exclusivamente, para: eScience@fapesp.br (Dra. Patrícia Tambourgi).


Anexo I - Informações específicas para Auxílio à Pesquisa – Regular, Auxílio à Pesquisa – Projeto Temático e candidatos a Bolsas de Pós-Doutorado

Todos os projetos submetidos a esta Chamada devem seguir o roteiro do item 2 deste Anexo

1. Características das propostas de pesquisa para projetos nas modalidades Auxílio à Pesquisa – Regular e Auxílio à Pesquisa – Projeto Temático

Dadas as particularidades do Programa em eScience e Data Science, todos os projetos devem apresentar claramente os itens abaixo:

a. O engajamento de cientistas da área de Computação e cientistas das áreas em Ciências Humanas e Sociais (CHS), sendo pelo menos um colaborador da área de Computação (CS) e um de CHS.

b. Evidências da pesquisa em Computação: considerando que eScience está voltada a explorar como os avanços em pesquisa na área de Ciência da Computação podem ajudar a enfrentar os principais desafios científicos e tecnológicos em outras áreas, os projetos devem ter um núcleo sólido de pesquisa em Computação.

c. Evidências da pesquisa em CHS: os projetos devem indicar claramente os resultados científicos esperados em CHS.

d. Evidências de oferta de treinamento em práticas de eScience e Data Science: dada a falta de mão de obra qualificada para atender às demandas específicas de projetos multidisciplinares, as propostas são incentivadas a demonstrar como oferecerão treinamento combinando práticas de Computação com práticas em CHS.

2. Elaborando a proposta de pesquisa, por favor, seguir as orientações abaixo

a. Os itens 1 a 8 devem necessariamente fazer parte do Projeto de Pesquisa, juntamente com as seções sugeridas para cada modalidade de apoio.

b. Esta Chamada de Propostas estabelece o limite de 20 (vinte) páginas para os projetos nas modalidades apoiadas para os itens de 1 a 7 abaixo. Em qualquer modalidade de apoio deve-se utilizar espaçamento 1,5 e fonte equivalente a Times New Roman ou Arial 12. Estes limites de página incluem Figuras e Tabelas quando for o caso.

c. Por favor, use títulos de seção conforme listado nos itens de 1 a 8 da tabela abaixo:

1

Folha de rosto

- Título do projeto, nomes do Pesquisador Responsável e do(s) Pesquisador(es) Principal(is), quando aplicável, e suas respectivas instituições de vínculo, data de início e data de término do projeto.

Índice

- Índice com a indicação do número da página de cada seção.

Resumo

- No máximo 20 linhas.

2

Apresentação do(s) problema(s) científico(s) a ser(em) abordado(s) no projeto, incluindo de forma clara as contribuições para eScience e Data Science em CHS

- Descrição dos desafios científicos em eScience e sua relevância.

- Significância e relevância para o programa eScience da FAPESP. Esta seção deve incluir uma descrição clara da contribuição para as áreas de Ciência da Computação e CHS.

- Resumo de resultados preliminares, se houver.

3

Objetivos específicos e resultados esperados

- Lista dos objetivos do projeto, com uma breve descrição de cada um.

- Descrição do conhecimento que será gerado e como esse conhecimento será disseminado.

- Descrição dos impactos esperados dos resultados na ciência, formação de recursos humanos, indústria, sociedade, meio ambiente etc.

4

Materiais e Métodos

- Descrição da metodologia para superar os desafios propostos no projeto.

- Referências relevantes sobre estes desafios e os métodos e meios propostos.

5

Cronograma

- Previsão de conclusão do projeto.

- Lista dos principais marcos do projeto para avaliar seu progresso e sua conclusão.

6

Disseminação e Avaliação

- Descrição sobre a avaliação dos resultados e como esses serão divulgados à comunidade pertinente. Considere, em particular, políticas de compartilhamento de dados e software produzidos no projeto.

- A disseminação deve incluir meios de divulgação acadêmicos estabelecidos, como trabalhos em conferências internacionais de alto impacto e periódicos arbitrados. Todos os projetos selecionados devem, além disso, ter uma presença detalhada na Web. Canais adicionais para disseminação incluem workshops regionais, seminários de pós-graduação, projetos de software de código aberto e componentes curriculares, como cursos ou materiais didáticos.

- Os projetos eScience também valorizam a construção de bases de dados de referência e softwares de código aberto para uso da comunidade científica.

- Evidências de oferecer treinamento em práticas de eScience e Data Science

7

Financiamento e Recursos adicionais

- Descrição de financiamento e recursos adicionais solicitados a outras fontes e já disponíveis (por exemplo, da instituição sede do projeto ou de outras agências de fomento). Os recursos podem ser ativos, bens, serviços, infraestrutura e equipamentos, entre outros.

8

Referências

- Referências citadas nos itens anteriores.


3. O programa eScience e Data Science e Ciência Aberta

A programa eScience e Data Science se alinha com as iniciativas de Ciência Aberta da FAPESP (fapesp.br/openscience). Assim sendo:

a. As propostas devem indicar claramente quais esforços serão feitos para que os resultados dos projetos selecionados (incluindo a propriedade intelectual desses resultados) sejam disponibilizados publicamente, com especial atenção à Política de Acesso Aberto da FAPESP (fapesp.br/12632) e ao constante no Plano de Gestão de Dados aprovado junto com o projeto (fapesp.br/gestaodedados).

b. Seguindo o Código de Boas Práticas Científicas (fapesp.br/boaspraticas/) e a política de Gestão de Dados (fapesp.br/gestaodedados) da FAPESP , os registros da pesquisa devem, após a publicação de seus resultados, ser acessíveis a outros pesquisadores – essas considerações se aplicam a software, documentação, relatórios técnicos, bancos de dados, conjuntos de dados, código etc., gerados pelo projeto. Tal acessibilidade apenas pode ser limitada por razões éticas ou legais.

c. O Plano de Gestão de Dados é considerado parte integrante do projeto, e será avaliado, dentre outros, segundo a sua pertinência e aplicabilidade ao projeto. O Plano de Gestão de Dados é um documento obrigatório para a submissão da proposta.

4. Processo de análise

A análise e o acompanhamento do projeto seguirão a sistemática e o fluxo de análise da FAPESP. A avaliação de todos os projetos levará em consideração as evidências de pesquisa em Ciência da Computação e o impacto real na pesquisa em CHS e vice-versa. Algumas questões específicas aplicáveis ao Programa eScience FAPESP:

a. A adequação das Bolsas solicitadas nos projetos nas modalidades Auxílio à Pesquisa – Regular e Auxílio à Pesquisa – Projeto Temático em relação aos objetivos da proposta e a qualificação da equipe proponente é uma consideração primordial na análise.

b. Colaboração via co-supervisão/co-orientação:

b.1. Bolsas solicitadas como Item Orçamentário de Auxílios: para esta Chamada são encorajadas propostas de Auxílios à Pesquisa Regular e Projeto Temático que considerem Bolsas como Item Orçamentário com a co-supervisão/co-orientação de cientistas da área de computação e cientistas de outras áreas. As informações sobre a co-supervisão/co-orientação devem ser indicadas no plano de atividades da Bolsa solicitada, a ser apresentado na proposta do Auxílio.

b.2. Bolsa de Pós-Doutorado: são encorajadas propostas de Bolsa de Pós-Doutorado submetidas nesta Chamada com a co-supervisão de cientistas da área de computação e cientistas de outras áreas. As informações sobre a co-supervisão devem ser indicadas no projeto de pesquisa apresentado na submissão da proposta para a Bolsa PD.

c. Colaborações no estado de São Paulo: o programa incentiva a criação de redes de colaboração e intercâmbio de estudantes. Os pesquisadores devem procurar estabelecer colaboração com instituições no estado com histórico de pesquisa incipiente, como por exemplo departamentos recentemente estabelecidos. Isto é considerado como um meio para promover ou fortalecer novos grupos de pesquisa.

d. Colaborações internacionais: o programa incentiva projetos que fomentem a colaboração internacional com grupos de excelência trabalhando no tópico abordado. A indicação de tais colaborações será um elemento positivo na avaliação das propostas.

e. Envolvimento da indústria e centros de pesquisa: o programa incentiva a colaboração com centros de pesquisa e indústrias. Isto é desejável, inclusive, sob dois pontos de vista - financiamento adicional e aumento do impacto dos resultados.



Anexo II – Instruções específicas para o uso do SAGe

1. É necessário que o Pesquisador Responsável pela proposta, o candidato à Bolsa de Pós-Doutorado, bem como os demais membros da equipe, sejam cadastrados no sistema SAGe:

(i) Pesquisadores que não possuem cadastro no SAGe devem realiza-lo acessando o endereço www.fapesp.br/sage. Para tanto, clicar em “Sem cadastro?” e preencher os dados solicitados. Atenção: não basta apenas cadastrar-se como usuário, é necessário completar os dados cadastrais;

(ii) Pesquisadores já cadastrados devem realizar o login no SAGe com identificação e senha usuais.

2. Na página inicial do SAGe selecionar, dentre as opções do menu “Acesso Rápido – Atividades do Pesquisador”, a opção “ Nova Proposta Inicial”.

3. Na tela seguinte, em “+Outras Linhas de Fomento”, selecionar:

Para APR: Programas de Inovação Tecnológica / eScience - Programa de Pesquisa em eScience e Data Science / eScience - Projeto de Pesquisa - Regular / Chamada de Propostas (2022)

Para Temático: Programas de Inovação Tecnológica / eScience - Programa de Pesquisa em eScience e Data Science / eScience - Projeto de Pesquisa - Temático / Chamada de Propostas (2022)

Para Bolsa de Pós-Doutorado vinculada a Projetos Temáticos ou Centros (CEPIDs, CPEs, CPAs, PDIPs, NPOPs ou CCDs) vigentes: Programas de Inovação Tecnológica / eScience - Programa de Pesquisa em eScience e Data Science / eScience - Bolsa no País - Pós-Doutorado / Chamada de Propostas (2022)

4. Na seção “Incluir Proposta – Linha de Fomento Selecionada” selecionar a opção “Incluir” para a partir da página seguinte iniciar a elaboração da proposta inserindo os dados solicitados em todas as abas, inclusive a lista de documentos a serem anexados.

5. Atenção para a obrigatoriedade de preenchimento de todos itens marcados com “ * ” e de submeter a proposta ao final do preenchimento. Proposta salva não significa proposta submetida. Ao submeter corretamente uma proposta será gerado um número de processo.

6. Em caso de dúvidas, acessar o link “Manuais”, disponível na página inicial do SAGe. Em “Manuais”, buscar esclarecimentos na lista “Manuais de Apoio aos Pesquisadores”.

IMPORTANTE: Recomenda-se fortemente verificar eventuais pendências da proposta utilizando a opção “Validar” do SAGE. Ao selecioná-la, o sistema apresentará as pendências impeditivas para submissão da proposta, considerando os itens já inseridos. Isso pode ser feito repetidas vezes, à medida em que a proposta for sendo construída, permitindo que sejam tomadas as providências necessárias à submissão efetiva da proposta. Em caso de dúvida sobre a utilização do SAGe, além dos “Manuais”, a FAPESP também disponibiliza atendimento pelo Converse com a FAPESP, em fapesp.br/converse > Informações > Informações gerais.


Página atualizada em 04/05/2022 - Publicada em 29/04/2022