Chamadas fortalecem parceria em pesquisa colaborativa entre pesquisadores de SP, AL, PB, Amapá e o DF

Chamadas fortalecem parceria em pesquisa colaborativa entre pesquisadores de SP, AL, PB, Amapá e o DF

Pesquisadores paulistas poderão firmar colaborações com Alagoas, Amapá, Distrito Federal e Paraíba para gerar conhecimento e tecnologia em áreas de interesse de ambas as partes (foto: Marco Antonio Zago, presidente da FAPESP, e Fábio Zanot Holthausen, presidente da FAPESC / Felipe Maeda, Agência FAPESP)

A FAPESP lançou quatro chamadas de propostas em parcerias com Fundações de Amparo à Pesquisa (FAPs) de Alagoas (FAPEAL), Amapá (FAPEAP), Paraíba (FAPESQ) e do Distrito Federal (FAPDF), com objetivo de criar oportunidades de pesquisa colaborativa entre pesquisadores de São Paulo e das quatro Unidades da Federação em diversas áreas do conhecimento.

A chamada em parceria com a Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado da Paraíba resulta de acordo bilateral firmado com a FAPESP em 22 de agosto de 2019, durante o Fórum do Conselho Nacional das Fundações de Amparo à Pesquisa (Confap) em São Paulo, que encerra em 23 de agosto.

As chamadas com as FAPs do Amapá, Alagoas e Distrito Federal, também anunciadas durante o Fórum do Confap em São Paulo, foram formalizadas no âmbito de um memorando de entendimento com o Conselho das FAPs, firmado em 9 de novembro de 2017.

A parceria com o Confap já resultou em chamadas com a Fundação de Amparo à Ciência e Tecnologia do Estado de Pernambuco (Facepe) e com a Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul (Fapergs). Nesta última chamada, encerrada no último 15 de junho, foram recebidas 148 propostas que agora se encontram em análise.

No âmbito desse memorando com o Confap outras quatro chamadas serão anunciadas até o final de outubro: com a Fundação Amazônia de Amparo a Estudos e Pesquisa do Pará (FAPESPA), com a Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Goiás (FAPEG), com a Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado da Bahia (FAPESB) e com a Fundação Araucária de Apoio ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico do Estado do Paraná.

No Fórum Confap São Paulo 2019 foi, ainda, firmado acordo de cooperação bilateral com a Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Santa Catarina (FAPESC), que também resultará em chamadas conjuntas de propostas com a FAPESP.

As chamadas anunciadas em 22 de agosto estão disponíveis nos seguintes links:

• FAPESP/FAPEAL: www.fapesp.br/13061 (data limite para submissão de propostas: 30/10/2019)

• FAPESP/CONFAP/FAPEAP: www.fapesp.br/13108 (data limite para submissão de propostas: 30/10/2019)

• FAPESP/ CONFAP/FAPDF: www.fapesp.br/13110 (data limite para submissão de propostas: 30/10/2019)

• FAPESP/FAPESQ: www.fapesp.br/13109 (data limite para submissão de propostas: 30/10/2019)

Cada proposta deve ter um Pesquisador Responsável vinculado a instituições de pesquisa e universidades no Estado de São Paulo e um Pesquisador Responsável afiliado a instituições de Alagoas, Amapá, Distrito Federal ou Paraíba. As propostas aprovadas serão apoiadas por um período de 24 meses.

Os projetos devem ser formulados conjuntamente entre os parceiros, tendo por objetivo principal a contribuição para o avanço do conhecimento científico e tecnológico nas respectivas UFs e no Brasil. Cada chamada estabelece um conjunto de áreas do conhecimento – abrangendo de agricultura a tecnologias digitais, passando por sustentabilidade, desenvolvimento urbano, saúde, entre outras – que deverá nortear as propostas.

Na FAPESP, podem submeter propostas nesta chamada pesquisadores considerados elegíveis conforme normas da modalidade Auxílio à Pesquisa – Regular (APR), inclusive aqueles que sejam Pesquisadores Responsáveis ou Principais de projetos vigentes na FAPESP nas modalidades Auxílio à Pesquisa – Projeto Temático, PITE (Programa de Apoio à Pesquisa em Parceria para Inovação Tecnológica), CEPID (Centros de Pesquisa, Inovação e Difusão) e, excepcionalmente, nas modalidades APR ou JP (Auxílio à Pesquisa – Jovens Pesquisadores). Nesses casos, contudo, deve ser incluída uma justificativa para a simultaneidade.

 

Versão para impressão | URL: fapesp.br/13111